carryonO sucesso das obras de J. K. Rowling abriu portas inesperadas para a época, entre elas o mundo fantástico das paródias e fanfics. No universo do livro “Fangirl” de Rainbow Rowell, a protagonista Cath escreve fanfics sobre o mundo mágico de Simon Snow, um garoto escolhido que irá salvar o universo mágico, mas que não sabia que ele existia, pois, jamais conheceu seus pais e viveu no mundo dos “mortais” como um humano comum até entrar na escola de Watford, formadora de seres mágicos. Soa familiar?

Esqueça Harry, Rony e Hermione, esta não é sua história. Nas fanfics de Cath, Simon Snow e seu colega de quarto, Baz Pitch tem uma relação difícil. O livro “Carry On” foca somente na história dos dois: a busca pela identidade de Simon, a compreensão e vingança de Baz e a salvação de toda a cultura e história mágica.

O livro acompanha o último ano de Simon em Watford ao lado da amiga Agatha e a namorada Penélope. Da última vez que Simon viu Penélope, ela estava perdida nos olhos de Baz, e os dois não se falaram desde então. Enquanto isso, Agatha e o garoto ainda lutaram contra o Insípidum Insidioso, a entidade que está tentando matar o protagonista e arrancar a magia de locais e pessoas. Simon Snow percebe que têm muito a viver no seu ano de formatura, e ainda tem que aguentar mais um período dividindo um quarto com Baz. Mas ele não aparece nos primeiros meses de aula, além de tudo que há para Simon se preocupar, é isso que o deixa mais perturbado.

Carry On: Ascenção e Queda de Simon Snow conta é uma aventura com a dose certa de investigação e ação, mas a comédia, o drama e o romance são certamente os pontos altos da historia. A narrativa conduz perfeitamente o leitor pelos pensamentos de Simon, e ainda permite que acessemos a consciência dos outros personagens. Como o próprio Simon está confuso sobre o que sente, o leitor também fica em dúvida na decodificação do que pensa, enquanto Baz é extremamente sincero em sua mente e torna a história divertida e mais leve.

Enquanto o caos interno de Simon acontece, Agatha, sua melhor amiga ouve os problemas e procura aconselhá-lo da melhor forma possível. O menino tem dificuldade para controlar a própria magia e a fiel escudeira tenta compreender essa falta de sintonia entre sua mente e corpo. Ela sonha com um momento em que os dois irão parar de sofrer e se esconder do Insípidum, com o qual já batalharam algumas vezes, mas cara-a-cara somente uma única e traumatizante vez.

Existem muitos mistérios a serem resolvidos neste conto, os quais não podem ser desvendados somente por Simon e Agatha, por isso, quando Baz retorna, apesar de ir contra todos os princípios do protagonista (ao menos os que não estão escondidos em seu subconsciente), ele se une ao colega de quarto. Os três então passam a se conhecer melhor e até mesmo criar laços mais profundos do que já possuíam.

Mencionar a fonte de onde Rainbow Rowell tirou o plano de fundo desta inovadora, engraçada e romântica aventura não é essencial. Os dois protagonistas têm muito a viver em apenas um ano, e o aprendizado pode ser tão doloroso quanto libertador, mas a magia entre Baz e Simon é muito mais poderosa do que qualquer mago já tenha visto antes.

Título Original: Carry On: Rise and fall of Simon Snow
Autora: Rainbow Rowell
Tradução: Marcia Men
Páginas: 446
Editora: Novo Século

DEIXE UM COMENTÁRIO