A versão brasileira de Ricardo Marques de “Ghost: O musical” enfim chegou ao Rio de Janeiro, após sucesso de publico em São Paulo.

Em cartaz no no Teatro Bradesco Rio, a peça relembra a história de amor de Sam e Molly, que chegou aos cinemas em 1990, estrelados por Demi Moore e Patrick Swayze.

Sam Wheat (André Loddi), um bancário, e Molly Jensen (Giulia Nadruz), uma ceramista de talento, formam um casal muito apaixonado e cheio de planos. No trabalho, Sam descobre uma irregularidade: uma enorme diferença de dinheiro em contas bancárias. Sem saber muito bem o que fazer, compartilha o caso com o amigo Carl Bruner (Igor Miranda). Carl diz que vai investigar, mas Sam decide investigar por conta própria. Naquela mesma noite, Sam e Molly são “assaltados” por um homem armado, Willie Lopez (Franco Kuster), que acaba atirando em Sam que não resiste e morre. Porém, sua alma continua presa no plano terrestre a fim de terminar a sua missão na Terra.

Mantendo o roteiro original do musical de Bruce Joel Rubin, a versão brasileira se mantem fiel a história do filme, porém segue com uma estrutura cênica fraca e equivocada. A narrativa da obra se inicia nos anos 2000, com referencias a Romero Britto, inclusive, porém os figurinos e o mobiliário se prendem a estrutura cênica do filme fazendo uma bela confusão cronológica em sua estética.

André Loddi (Sam) mantem o carisma e a riqueza do personagem no coração do público. Já Giulia Nadruz agrada no papel de Molly, porém deixa a desejar nos momentos musicais. Destaque para Ludmillah Anjos que interpreta Oda Mae (personagem de Whoopi Goldber, no filme). A atriz, assim como Whoopi, levanta o astral da história com uma personagem divertida e hilária e bem abrasileirada. O domínio de palco de Ludmillah é enriquecedor à peça!

Cheio de efeitos de luz, projeções e ilusionismo, “Ghost – O musical”, ganha os palcos pela história eternizada nos cinema capaz de emocionar o público, até hoje.

Lançado em 1990, Ghost: Do Outro Lado da Vida, foi indicado a cinco Oscars e venceu os prêmios de Melhor Atriz Coadjuvante para Whoopi Goldberg e Melhor Roteiro Original.

Mais sobre o espetáculo e serviço:: http://rotacult.com.br/2017/09/musical-baseado-no-filme-ghost-do-outro-lado-da-vida-estreia-no-rio-de-janeiro/

 

DEIXE UM COMENTÁRIO