Em cartaz com Claudia Raia, Jarbas Homem de Mello, Bruna Guerin e grande elenco, Reiner Tenente tem um papel importante no musical “Cantando na chuva”: ele vive o personagem Cosmo Brown, imortalizado no clássico do cinema por Donald O’Connor.

Como foi o processo de criação do personagem?  

Reiner Tenente – O processo para criar o Cosmo foi árduo, mas extremamente prazeroso já que toda equipe e direção foram muito cuidadosos comigo e acho que conseguiram acessar a minha criatividade de uma forma muito especial. Além de assistir ao filme, me inspirei muito no universo do palhaço e assisti longas que se passavam na década de 1920 para poder me ajudar a compor o personagem.

E a experiencia de atuar em baixo de chuva, como é ?

Reiner Tenente – Dançar e cantar já não é uma tarefa das mais fáceis, agora imagina fazer isso debaixo de chuva. Temos que ter muito cuidado, nos tornar “amigos” da chuva e do chão (risos).

O artista tem uma longa carreira no teatro musical. Entre suas experiências teatrais estão os espetáculos “Roda Viva”, de Chico Buarque, direção de Patrícia Zampiroli e supervisão de André Paes Leme, “Tip e Tap ratos de sapato” com direção de Ronaldo Tasso e músicas de Tim Rescala, “Tim Maia – Vale Tudo – O musical”, onde viveu Roberto Carlos e Nelson Motta, dirigido por João Fonseca e texto de Nelson Motta. Além de preparação de elenco dos musicais “Rock in Rio – O Musical” e “Cazuza – O tempo não para” e performances como ator, cantor e dançarino no Gröna Lund em Estocolmo, na Suécia. Reiner também deu vida ao personagem “Clown” no espetáculo “O Grande Circo Místico”, onde obteve ótimas críticas, além de atuar ao lado de André Dias, Sergio Menezes e Tadeu Aguiar em “Bilac vê estrelas”, que ganhou o prêmio Bibi Ferreira de melhor espetáculo, ambas as produções dirigidas por João Fonseca.

Além disso, Reiner Tenente é fundador do CEFTEM (Centro de Estudos e Formação em Teatro Musical), no Rio de Janeiro, onde exerce o cargo de Coordenação Pedagógica de Interpretação.

Foto: Paschoal Rodriguez

– Como estudante de teatro musical, sei da importância da Claudia Raia, da competência do Jarbas e do talento da Bruna, por isso é uma imensa honra estar protagonizando um espetáculo ao lado de artistas tão especiais e generosos – completa Tenente, sobre estrelar o espetáculo junto ao trio.

“Cantando na Chuva” está em cartaz no Teatro Santander (SP) até dia 26 de novembro com sessões às quintas e sextas, às 21h, sábado, às 17h e 21h, e domingo, às 16h e 20h.

DEIXE UM COMENTÁRIO