O 26º Festival Panorama, um dos mais importantes eventos de artes do corpo, dança e performance da América Latina, continua sua programação até dia 12 de novembro repleto de atrações inéditas. Um dos destaques dessa semana é o a ‘Panorama.br’, nova mostra nacional do festival, que apresentará dez companhias de todo o país e terá a presença de programadores, diretores de teatros e festivais de todo o mundo. Com curadoria de Nayse López, o Panorama mantém a tradição de democratizar a arte: todas as atrações têm entrada franca ou preços acessíveis (até R$ 20).

De 7 a 12 de novembro, o ‘Panorama.br´ reúne companhias de diversas cidades brasileiras: Maceió, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e São Paulo. Escolhidas via inscrição online, a mostra traz performances, artes do corpo e apresentações de dança.

Outra atividade inédita é o seminário internacional ‘Trans-In-Corporados: Construindo Redes para a Internacionalização da Pesquisa em Dança’. O evento, que acontece dias 10 e 11 de novembro no Museu de Arte do Rio – MAR, é fruto de uma parceria entre o Festival Panorama e o Departamento de Arte Corporal da UFRJ. O seminário reunirá recentes investigações sobre dança e suas interfaces voltadas à reflexão de processos e políticas de tradução, remixação e disseminação.

Durante o evento, serão lançados o site labcritica.com.br e o livro “Performar debates – LabCrítica no Festival Panorama e outras dobras”, com organização de Sérgio Andrade e Silvia Chalub. O livro, da Gramma Editora, reúne textos do Laboratório de Crítica, de seus pesquisadores e participantes extensionistas e de convidados que debatem o exercício da crítica das artes, especialmente em dança e performance, e suas interfaces com a dramaturgia, a curadoria e a formação teórica.

E para fechar a edição deste ano, o festival chega ao Circo Voador com a Ocupação Corpo em Risco no domingo, dia 12, das 17h à 0h. Na programação, encontros, debates com artistas, performances, shows, festa e muita dança com a Companhia Híbrida, Brecha, Sonia Sobral e Fernanda Silva, Pietá e Silvan Galvão. Os ingressos já estão à venda e custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Programação detalhada:
17h: Mesão Corpo em Risco – Troca de ideias com a participação de João Saldanha (coreógrafo), Fred Coelho (professor e coordenador do curso de Letras da PUC-RJ e colunista do Globo), Henrique Vieira (pastor evangélico, professor, teólogo), Hugo Sukman (escritor, jornalista e curador do MIS-RJ), Isabel Diegues (editora Cobogó).
18h30: Performance ‘Involuntários da Pátria’, com Fernanda Silva e Sônia Sobral
19h: Espetáculo ‘Olho Nu’, da Cia Híbrida
20h: Ato pela Liberdade dos Corpos
20h30: Performance ‘Impossível Estuprar Esta Mulher Cheia de Vícios’, com Fernanda Silva
21h: Performance ‘CULTO’, com Brecha
21h30: Pocket show Silvan Galvão e banda
22h: Pocket show Pietá com participação especial Caio Prado (Não Recomendados)
22h30-0h: DJ Yas Zyngier (Finalmente) e DJ Felipe Assis (Bahia Overdub)

 

DEIXE UM COMENTÁRIO