Quem é fá de MPB tem que colocar na lista de shows para assistir na vida, os ícones Caetano Veloso e Gilberto Gil; quem conseguiu ir a turnê dos dois juntos teve o enorme privilégio de ver esses gênios da Música Popular Brasileira em ação, algo inesquecível.

rsz_caetano_e_gil_3

Nesse domingo 30 de outubro foi encerrada a turnê “Dois Amigos, Um Século de Música” em comemoração dos cinquenta anos de carreira dos músicos baianos, depois de percorrer vários estados e outros país desde de meado do ano passado. Em voz e violão a dupla de grande prestígio da MPB fez um belo espetáculo de duas horas de duração.

rsz_16Alternando em músicas de cada um e incluindo algumas cantadas em dueto, a casa de show estava lotada por uma plateia animada que acompanhou todo o show em harmonia com a dupla. Com obras memoráveis de suas carreiras como Expresso 2222″, “As camélias do quilombo do Leblon”, “Toda menina baiana”, “São João, Xangô Menino”, “Filhos de Gandhi”, “Terra”, “Sampa”, “Eu Organizo o Movimento” e “Tropicália”, o show segue um estilo de parceria e amizade.

Durante a canção cantada por Gil “Não tenho medo da morte” não se ouvia um ruído de uma plateia em momento de muita emoção, no término da canção, todos ficaram de pé e aplaudiram o cantor num gesto de muito respeito e carinho dos fãs (o show de ontem foi o que substituiu o de 27 de agosto, devido a internação de Gil que vêm enfrentando alguns momentos delicados em sua saúde.) Gil mostrou para que veio, e com sua enorme potência vocal deu uma aula de musicalidade que fez o público cantar com ele.

rsz_caetanoNo refrão da música “Odeio” cantada por Caetano (Odeio você, odeio você, odeio) o público aproveitou o momento para protestar contra o prefeito eleito momentos antes, Marcelo Crivella, completando a frase com seu sobrenome.

Após o término do show, os cantares voltaram para bis e finalizaram com as canções “Desde que o samba é samba”, “Domingo no Parque” e “A luz de Tieta”. Uma apresentação memorável, que relembrou toda a carreira da dupla com uma escolha de repertório muito marcante.

Fotos: Alê Shcolnik

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here