Renomado pianista apresenta obra do prestigiado compositor, falecido em janeiro deste ano, além de peças de Debussy e Schoenberg, no dia 5 de novembro

Solista do prestigiado Ensemble Intercontemporain desde 1992, onde trabalhou diretamente com Pierre Boulez, Dimitri Vassilakis se formou no Conservatório Nacional Superior de Música, em Paris, alcançando a nota máxima ‘com louvor’, por unanimidade do júri, em piano, música de câmara e acompanhamento. Aluno de Gérard Frémy, Monique Deschaussées e György Sebök, seu repertório se estende de J.S.Bach à música de vanguarda, incluindo a obra completa para piano de Pierre Boulez e Iannis Xenakis.

Consagrado maestro e compositor, Pierre Boulez faleceu em janeiro deste ano e é considerado a antítese dos maestros excessivamente “adocicados”, que procuram obter reações emocionais da plateia. Boulez passou a se dedicar à regência, impondo-se com um estilo que deixava transparecer, mesmo em repertórios românticos (Brahms ou Berlioz) ou do século XX (sobretudo Stravinsky e Bartok), uma visão extremamente racional sobre a organização dos sons. Entre suas mais conhecidas composições,estão “Le Marteau sans Maître”, de 1954, e “Pli Selon Pli”, de 1957.

Programa:
Arnold Schoenberg – 3 peças para piano op. 11
Pierre Boulez – 12 Notations
Primeira Sonata
Claude Debussy : 3 Estudos:
‘pour les arpèges composés’
‘pour les agréments’
‘pour les sonorités opposées’

Pierre Boulez : Terceira Sonata
Incises

Serviço:
Dimitri Vassilakis – Tributo a Pierre Boulez
Data: 05/11, sábado, às 20h
Local: Cidade das Artes – Teatro de câmara
Classificação etária: Livre
Ingressos: R$ 50,00 (inteira), na bilheteria da Cidade das Artes ou no link https://www.ingressorapido.com.br/compra/?id=51494#!/tickets

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here