Com direção do coreógrafo português André Mesquita, Jackie faz uma retrospectiva abstrata da vida de Jackie O.

Baseado na mulher e no mito Jacqueline Kennedy Onassis, uma das mulheres mais famosas e fotografadas do mundo, o solo “Jackie” evidência os antagonismos da existência humana. Com coreografia do português André Mesquita e estrelado pela brasileira Fabiana Nunes, o espetáculo, que terá apresentações na Cidade das Artes nos dias 12 e 13 de novembro, discorre sobre a força de uma mulher que carregou o fardo de um assassinato amplamente midiático mantendo-se visivelmente altiva e aparentemente resiliente.

Num texto que transita entre ficção e realidade, “Jackie” se utiliza de neologismos e constantes referências à filosofia e à música para evidenciar a personalidade da eterna primeira dama da América. Com uma retrospectiva abstrata da vida de Jackie O. e do casamento com John Kennedy, bem como dos momentos vividos após o assassinato do marido, o solo é livremente inspirado no monólogo homônimo da autora austríaca Elfriede Jelinek, que compõe a obra “Prinzessinnendramen” (“Dramas de princesas”) e retrata a vida de princesas.

André Mesquita

Nascido em 1979, André Mesquita teve formação artística na Academia de Dança Contemporânea de Setúbal e na Companhia Nacional de Bailado. Iniciou a sua carreira como bailarino na CeDeCe (Setúbal) e na Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo com direção artística de Vasco Wellenkamp. Desenvolve uma atividade independente desde 2006, ano em que cessou funções como bailarino solista e professor residente na Tanz Companie do StadtTheater Hildesheim. Fundador da TOK’ART – Plataforma de Criação, partilha a respetiva direção artística com Teresa Alves da Silva e nela desempenha também as funções de coreógrafo associado. Coreografou em companhias como o Ballet Real da Flandres (Antuérpia, Bélgica), o Balé da Cidade de São Paulo (Brasil), o Danish Dance Theater (Copenhaga, Dinamarca), a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo e o Tanz Luzern Theater (Suíça), entre outros. Em 2009 foi premiado com o prémio Uncontainable II do Ballet Real da Flandres e também como coreógrafo no 13th International Solo-Tanz-Theater Festival de Estugarda. Foi artista residente do Centro Cultural do Cartaxo de 2007 a 2011.Em Portugal tem criado através da TOK’ART e em parceria com a EGEAC, o Teatro Maria Matos, o Teatro Viriato e a Companhia Nacional de Bailado. A crítica portuguesa e estrangeira tem conferido elogios ao seu trabalho por força de uma maior qualidade sensitiva e de originalidade.

Serviço:
Espetáculo Jackie
Data: 12 de novembro, sábado, às 18h.
13 de novembro, domingo, às 16h.
Local: Sala eletroacústica – Cidade das Artes (Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca)
Ingressos: R$30,00 (inteira), R$15,00 (meia), na bilheteria ou no site https://www.ingressorapido.com.br/compra/?id=53664#!/tickets
Classificação: Livre

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here