No próximo sábado, dia 19, os Flautistas da Pro Arte apresentam o espetáculo “CAVALO MARINHO”, em homenagem a obra de Vinicius de Moraes, em apresentação única no Espaço Tom Jobim com a participação do grupo Flautistas da Marambaia.

Os Flautistas da Pro Arte são um grupo voltado para a pesquisa, aprendizado, prática e difusão da música popular brasileira, integrado por vinte e cinco crianças e adolescentes.

Antes do show, haverá exposição de fotos da fotógrafa Andrea Nestrea do projeto “Meninos do Mangue”, desenvolvido pelos Flautistas da Marambaia na Escola Professor Vieira Fazenda, localizada na Restinga da Marambaia.

Poeta, diplomata, compositor e letrista, o Poetinha habita o coração de todos nós há muito tempo.Um mundo multifacetado que abrange tanto obras dedicadas às crianças como ‘Valsa Para Uma Menininha’ em parceria com Toquinho no disco ‘Arca de Noé’, quanto as que em parceria com Tom, Baden, Francis, Chico e Edú, mudaram para sempre a face da música brasileira.

E é sobre essa vasta paisagem musical que o grupo ‘Flautistas da Pro Arte’ se debruça, buscando através da interpretação de algumas de suas composições, entender e homenagear Vinicius.

O SOPRO DA EDUCAÇÃO E DA RENOVAÇÃO

Em 1989, um grupo de crianças e jovens estudantes de música dos Seminários de Música Pro Arte, no Rio, se reuniu sob a batuta das professoras de flauta, Tina Pereira e Claudia Ernest Dias. Tina Pereira, nascida em São José dos Campos, fez especialização em Educação Musical em Salzburg, Áustria e queria aplicar o método aprendido no Instituto Orff. Começou então a usar as canções da MPB como material didático. Nasciam ali os Flautistas da Pro Arte, que fizeram sua primeira apresentação no Paço Imperial, homenageando Dorival Caymmi.

De tão envolvente, pioneiro e proveitoso, o trabalho consolidou-se rapidamente como prática artística e educativa e em poucos anos contava com um grande número de pequenos músicos desenvolvendo seus dotes pelos caminhos da extraordinária riqueza da Música Popular Brasileira.

Além da prática dos vários instrumentos de sopro, o grupo desde o princípio já aprendia também a cantar, dançar e se movimentar no palco. Os projetos se sucederam, homenageando compositores como Caymmi, Chico Buarque, Villa-Lobos, Radamés, João Bosco, K-Ximbinho, Lamartine, Ary Barroso, Noel Rosa e muitos outros.

Em 2004, o projeto tinha 70 integrantes e a diretora Tina Pereira resolveu dividir o grupo em dois, criando portanto os Flautistas da Pro Arte (herdeiro do nome do projeto), onde permaneceram os alunos mais novos, e a Orquestra de Sopros da Pro Arte, formado pelos integrantes mais velhos.

Tendo sempre à frente Tina Pereira, Claudia Ernest Dias e Raimundo Nicioli, o novo grupo teve sua estreia com o espetáculo “A Bênção, Baden!” na Sala Cecilia Meireles, palco nobre da música no Rio.

SERVIÇO:
Flautistas da Pro Arte – Cavalo Marinho homenagem a Vinicius de Moraes
Participação: Flautistas da Marambaia
Data: 19 de novembro (sábado) às 17h
Local: Espaço Tom Jobim (Rua Jardim Botânico, 1008, dentro do Centro de Visitantes do Jardim Botânico)
Capacidade: 380 lugares
Faixa Etária: Livre
00 60 minutos
Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada)

Foto: Andreia Nestrea

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here