Júnior Cervila, brasileiro, radicado em Buenos Aires é considerado um dos maiores dançarinos de tango do mundo. Coreógrafo, dançarino e ator, considerado pela imprensa americana, o Gene Kelly latino, construiu sua carreira fora do Brasil, em locais de mais tradição no tango.

Após mais de 25 anos fora do Brasil, o dançarino quer retornar às suas raízes: “Trazer o show para o Brasil, mostrar minha arte aqui me deixa muito orgulhoso, muito feliz. O brasileiro não vai mais precisar sair daqui para ver o Tango que é apresentado nos palcos mundiais”, declarou.

O artista se apresenta no primeiro trimestre de 2017, com o show “Tango, a criação de uma tradição” retrata o significado do Tango para o universo da dança através de sua história, que é muito rica e cheia de elementos. No palco, 10 bailarinos e 5 atores se unem para dar a grandiosidade desse estilo de dança tão particular, e mostrar a passagem histórica do Tango, o passado e o presente, mesclando dança e recursos cênicos.

Além do show, Júnior pretende empreender no país, trazendo sua marca de sapatos para dança, a Cervila Shoes; lançar uma linha de roupa para tango e mais um empreendimento que ainda é surpresa.

O dançarino que possui uma carreira consagrada e reconhecida mundialmente, já se apresentou em mais de 50 países, ministrou mais de 2.000 workshops, fez mais 500 apresentações com sua companhia Latin Dance Company e como bailarino solista, mais de 1.500. Incluindo apresentações exclusivas para grandes artistas, como Rolling Stones e Júlio Iglesias. Participou do filme Tango, do diretor Carlos Saura, que concorreu ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 1998, além de dois documentários. No Brasil, foi jurado da Dança dos Famosos, no programa do Faustão.

Londres, Moscou, Miami, Los Angeles, New York, Toronto, Orlando, Louisville entre outros, foram palco de mais de 70 shows que Júnior Cervila fez em 2016, atingindo mais de 56.000 expectadores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here