Foram prorrogadas até o dia 16 de abril as inscrições para atrações, atividades e conteúdos da 1° Virada Sustentável Rio de Janeiro, que acontecerá entre os dias 9 e 11 de junho, ocupando parques, praças e espaços culturais na Zona Sul, Zona Oeste, Zona Norte e Centro do Rio de Janeiro. Idealizada por André Palhano e Mariana Amaral, a Virada Sustentável surgiu há seis anos em São Paulo, onde é realizada anualmente, e já chegou a Manaus, Salvador, Valinhos e Porto Alegre. As inscrições para o evento podem ser feitas no site www.viradasustentavel.org.br

Em formato de edital, as inscrições são abertas a artistas e grupos de diferentes modalidades (teatro, dança, cinema, música, fotografia, artes plásticas etc.), organizações da sociedade civil, coletivos e movimentos sociais, entidades e escolas, cujos projetos tenham conteúdo principal ligado a pelo menos um dos 17 temas apontados nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU (Organização das Nações Unidas), tais como Igualdade de Gênero, Erradicação da Pobreza, Boa Saúde e Bem-Estar, Cidades e Comunicações Sustentáveis, Consumo e Produção Responsáveis e Água Limpa e Saneamento.

“Buscamos projetos inspiradores que proponham uma visão ampla, positiva e inspiradora da sustentabilidade, abraçando temas como biodiversidade, cidadania, mobilidade urbana, água, direito à cidade, mudanças climáticas, consumo consciente e economia verde, por exemplo. Queremos promover uma abordagem positiva, propositiva, que não aponte somente problemas, mas também caminhos e soluções possíveis para a sociedade que desejamos”, explica o jornalista André Palhano. O evento visa abarcar projetos que já existem ou são autossuficientes, em sistema de crowdsourcing.

Cada proponente, sendo pessoa jurídica ou física, pode se inscrever individualmente ou como representante de um grupo e apresentar um ou mais projetos. O conteúdo apresentado será analisado pela equipe de curadoria do evento. Poderão participar desde projetos que necessitem de cachê, estrutura e espaços para sua realização, até aqueles que só necessitem de divulgação (adesões) e queiram constar na programação oficial da Virada Sustentável. Não serão aceitos projetos de cunho partidário ou religioso ou que estimulem qualquer tipo de discriminação em função da raça, credo ou condição social.

A Virada, além de contar com a colaboração coletiva (“crowdsourcing”), tem patrocínio das empresas Braskem e Ball através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Serviço:
1ª Virada Sustentável Rio de Janeiro
Data: De 9 a 11 de junho, em diversos locais da cidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here