Vou confessar uma coisa, sempre gostei de filmes de espionagem, máfia, agentes secretos e com isso, tenho em personagens icônicos como James Bond, Ethan Hunt e agora as franquias Kingman e John Wick como obras de muita qualidade que referenciam o gênero.

Aqui temos Atômica,  novo filme de Charlize Theron e dirigido por David Leitch, situando o caro amigo leitor: Alguns dias antes da queda do Muro de Berlim, um agente do MI6 James Gasciogne é morto por um agente da KBG, que rouba uma tal Lista, um microfilme colocado dentro de um relógio que contem todos os nomes de agentes que estão em Berlin. Dez dias depois, Lorraine Broughton (Charlize Theron) vai para um interrogatório onde é confrontada por seu superior Eric Gray e Emmett Kurzfeld, um agente da CIA que coopera com o MI6.

E amigo leitor não precisa assistir mais de 20 minutos de filme pra soltar um grito bem alto ‘’PQP que mulher FOD…’’ Charlize é a dona do filme, e voltou mais furiosa do que nunca. Atira, soca, chuta, da voadora, toma muita, mas muita porrada e tudo é tão real, tão explicito e bem coreografado. Claro que toda equipe técnica do filme, ou a sua grande maioria como o diretor, sua montadora e fotografo, vem de filmes como John Wick, então é claro que todo escopo de cena, todos os maneirismos estéticos vistos no filme do Keanu Reeves, estão aqui, só que cada um no seu devido lugar.

Amparados por uma belíssima fotografia lavada, onde o filtro azul emula muito bem a Guerra Fria, a gelada Alemanha separada pelo muro de Berlim e que se misturam com muito neon e flutuam muito bem nas características de um filme noir (só que aqui um noir moderno).

Outro ponto muito bem acertado pela direção são as inúmeras cenas tanto em diálogos quanto na ação frenética, ditadas por planos bem longos (não confunda com plano sequencia ), em Atômica isso fica bem evidenciado e ajuda a você entender muito bem a Mise en scène da cena, onde a personagem esta indo, quem ela esta atacando e como não, de onde a porrada bem vindo, e como falei anteriormente, excepcionalmente bem coreografado e montado.

Entrando um pouco no cast de atores, Charlize está sensacional, uma coisa muito interessante nessas novas franquias é a possibilidade de vermos os mocinhos sofrendo, apanhando, sangrando coisas que não víamos muito nos filmes desse gênero ( James Bond que o diga ) e isso fica evidenciado logo na abertura do filme, onde vemos o corpo de Charlize, cheio de hematomas, sangrando, com a cara desfigurada em uma banheira de gelo (linda cena, por sinal!). James Mcavoy sempre firme e entregando personagens com múltiplas camadas, alias por ser um filme de espionagem e intrigas, a grande maioria dos personagens tem múltiplas facetas e não se desespere caso você se perca entre nomes e aparições, absolutamente normal.

Atômica é muito bem balanceado nos seus atos, onde a narrativa não linear deixa sempre o expectador um passo atrás da trama e isso é muito bom, preste muita atenção no filme, ele não é auto explicativo, tudo esta nas entrelinhas, tudo esta na interpretação, e isso é raro de se ver em Hollywood.

Destaque a parte para trilha sonora espetacular com os grandes clássicos dos anos 80 e 90, como David Bowie!

O filme é um excelente exemplar dessa nova safra de filmes de ação/espionagem, que assim como John Wick, trabalha uma trama bem interessante, boas atuações, coreografias e cenas de ação de tirar o fôlego. Ah, não deixem de reparar muito bem em uma cena que começa em uma passeata e se desenrola nas escadarias de um prédio e que culmina em uma perseguição de carro absolutamente incrível.

É cinema da mais alta qualidade e você não pode perder !!!!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here