Da música e a dança passando pela História e a filosofia, em 2018, o Canal Curta! recebe em sua programação conteúdos de peso sobre as artes e humanidades, com grandes estreias nacionais e estrangeiras. O aclamado documentário Piripkura é um desses destaques do ano. Vencedor do prêmio de Direitos Humanos no International Documentary Film Festival Amsterdam, o IDFA, e agraciado com o título de melhor documentário no Festival do Rio 2017, o longa retrata a luta pela sobrevivência dos três últimos índios da tribo Piripkura, que vivem sob a ameaça de fazendeiros e madeireiras. Dirigido por Mariana Oliva, Renata Terra e Bruno Jorge, o filme mostra as expedições do servidor da FUNAI Jair Candor, que, desde 1989, acompanha e monitora esses índios com o objetivo de impedir a invasão da área.

Outra produção brasileira aclamada em festivais de cinema nacionais e internacionais que chega a TV com exclusividade no Curta! é o documentário Clara Estrela, que tem estreia marcada para fevereiro. Com direção de Susanna Lira e Rodrigo Alzuguir, o longa-metragem traz a vida e a obra de uma das principais intérpretes do país, Clara Nunes. A cantora narra sua própria trajetória, em primeira pessoa, através de entrevistas que concedeu a diversos programas de TV e rádio. Além do minucioso trabalho de pesquisa audiovisual, o filme oferecerá ao público a oportunidade de ouvir, ainda, os depoimentos da artista publicados em veículos impressos, através da narração da atriz Dira Paes. Entre os sucessos da cantora, falecida em 1983, estão “O mar serenou”, “Feira de Mangaio”, “Conto de Areia” e “Morena de Angola”.

O documentário Paulo Autran – O Senhor dos Palcos, sobre a vida e a obra do considerado “maior ator brasileiro”, apresenta a paixão de Autran pelo teatro através de cenas históricas de filmes e peças, trechos de entrevistas escritas interpretados pelos atores Bete Coelho, Patrícia Selonk, Gustavo Machado e Bruce Gomlevsky, e de uma autobiografia inédita, contendo reflexões de Paulo Autran sobre a arte do ator, sua carreira, vida, morte e desafios profissionais e pessoais. Fernanda Montenegro participa do longa ao compartilhar a correspondência que trocou com o ator a poucos dias da morte dele. Além da leitura emocionante, ela faz uma reflexão profunda sobre a importância do amigo para o teatro brasileiro. O filme conta ainda com depoimentos de sua viúva, a atriz Karin Rodrigues, de José Celso Martinez Corrêa e Mauro Farias – que detalham e reconstroem facetas do ator e do meio teatral brasileiro.

A polarização da sociedade brasileira conflagrada pela atual crise política e econômica do Brasil e seu paralelo no mundo são investigados em O Muro, documentário exclusivo do Curta! dirigido por Lula Buarque de Hollanda. A narrativa se desenrola ao longo da série de manifestações que tomou o país nos meses que antecederam o impeachment da presidente Dilma Rousseff em agosto de 2016, e constrói, com uma estética experimental, na fronteira entre o documentário e a videoarte, um retrato urgente do Brasil atual. O documentário testemunha manifestantes de campos rivais compartilhando seus pontos de vista contrastantes, enquanto posam para retratos “em movimento”.

O filósofo, sociólogo e escritor esloveno Slavoj Zizek protagoniza uma das grandes estreias estrangeiras do canal em 2018. Em “O Guia Pervertido da Ideologia”, Zizek parte de sucessos do cinema para aplicar suas teorias e explicar seu entendimento sobre ideologia. Dirigido por Sophie Fiennes, o longa recria cenários de filmes aclamados pelo público e pela crítica, como por exemplo “Taxi Driver”, “Laranja Mecânica” e “Titanic”, de modo que Zizek apareça “dentro” dos filmes.

A história de Auguste Rodin, um dos principais nomes da produção cultural da belle époque, como é denominado o período de efervescência cultural e intelectual do final do século XIX na Europa, é outro destaque da programação 2018 do Curta!. O documentário Rodin em seu tempo revela o legado do artista para a humanidade.

A biografia da escritora Zélia Gattai estreia no canal dez anos após a sua morte. O documentário Zélia – Memórias de Amor, da diretora Carla Laudari conta através dos textos de Zélia e da voz de sua neta, Cecília Amado, a trajetória da artista e, claro, do amor com o também escritor e companheiro de vida, Jorge Amado.

https://vimeo.com/249450400

Outro documentário brasileiro que chega ao Curta! em 2018 é Elena. O aclamado longa-metragem narra a busca da cineasta Petra Costa pela irmã, Elena, que, durante a ditadura militar, deixou o Brasil para ir para Nova York perseguir o sonho de se tornar atriz de cinema. Na saga afetiva pela memória da irmã, Petra tem algumas pistas, como cartas, diários e filmes caseiros. Para conferir o trailer de “Elena”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here