Observar o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a Lagoa Rodrigo de Freitas e alguns bairros da zona sul do Rio de Janeiro. Tudo isso ao degustar uma gastronomia contemporânea com assinatura de chef e um bom drinque. Imaginou? Pois esse cenário está prestes a virar realidade com a construção do Mirante Rocinha, um ponto de observação privilegiado (e gratuito) com um bar homônimo, que terá acesso pela Estrada da Gávea. Mas não acaba aí: a chegada do polo turístico está redesenhando o cenário de lazer da comunidade, já que os empresários, criados na Rocinha, iniciaram a reforma da Praça Vila Cruzada e do campo de futebol, ambos ao lado do Mirante. Além disso, a tradicional Feira de Artesanato, que acontece logo acima, ganha barracas fixas – um velho desejo dos artesãos – e banquinhos para os visitantes.

A iniciativa dos empreendedores, que trabalham com turismo e produção cultural na Rocinha há mais de uma década, levou em conta as reivindicações antigas dos moradores. Por isso, aPraça Vila Cruzada passa por uma revitalização completa em parceria com o programa “De olho no lixo”. Grande parte da reforma já foi custeada, mas o grupo busca junto aos órgãos competentes a implantação de brinquedos, uma academia da terceira idade e outros itens que possam beneficiar quem vive na comunidade. O campo de futebol também ganhou atenção: foi realizado um aterramento e instalada uma nova grade.

“O Mirante Rocinha é um projeto em que todo mundo sai ganhando. Tanto o Rio de Janeiro, que terá um novo ponto turístico, cultural e gastronômico, quanto as mais de 20 mil famílias da Rocinha, que hoje não têm um bom espaço de lazer. Ao mesmo tempo, os visitantes chegam à Rocinha querendo saber como é a nossa vivência, então acreditamos que iremos melhorar a visão que os turistas têm da comunidade com uma nova infraestrutura”, diz Renan Alves, produtor cultural e um dos desenvolvedores.

Um pouco acima da localidade onde está sendo construindo o mirante, existe uma feira tradicional de artesanato há 18 anos, mais um motivo pelo qual o ponto cultural sempre atraiu a atenção do público. O projeto social, além de organizar melhor a feira, irá construir novas barracas para os artesãos, que sofreram durante anos para carregar suas mercadorias morro acima e abaixo, pois nunca tiveram local apropriado para guardá-las. Com as novas barracas, ao fim de um dia de trabalho, essas servirão como depósito.

Os empreendedores também estão fazendo parcerias com instituições da Rocinha para oferecer cursos de inglês gratuitos voltados aos empreendedores do ramo turístico e para jovens que queiram ingressar na área.

O mais novo cenário tem inauguração prevista para agosto, terá a vistoria e chancela da Rio Tour é apoiado pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro. O Mirante Rocinha foi projetado com dois andares: o térreo terá um deck com mesas e um bar homônimo, de onde será possível ter acesso à vista gratuitamente. No segundo andar, após a obra de expansão, haverá um ponto de observação mais alto, com uma escada de acesso ao nível da rua. Os banheiros também serão de livre uso, o que é um diferencial, já que guias e turistas não contam com esse serviço ao chegar para o tour na comunidade.

O polo também será uma base de comunicação entre as empresas de turismo e a Rocinha, que já chegou a receber, por dia, 900 pessoas de fora. No local, poderão ser obtidas informações sobre as áreas da comunidade, além de ser iniciado o registro das pessoas que chegam para visitar. O Mirante Rocinha fica a oito minutos do Shopping da Gávea, com fácil acesso pela Zona Sul por meio de ônibus, vans e táxis, que deixam o público em frente. Após a inauguração, o objetivo é estabelecer parcerias com vans que saiam do bairro e levem os visitantes direto para o local.

Quanto à segurança, Paulo Roberto Costa, idealizador do projeto, busca esclarecer: “Durante os meus 13 anos de trabalho, nunca um turista foi roubado dentro da comunidade. Sabemos que o momento é de turbulência, mas a Rocinha não pode se abater com a falta de segurança. Acreditamos que uma iniciativa como esta, que reunirá turismo, diversão, gastronomia e cultura, servirá como uma válvula de escape nos momentos de paz da comunidade”.

SERVIÇO
Mirante Rocinha
Estrada da Gávea, em frente ao número 233, Rocinha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here