Com o objetivo de ter conteúdo global e diversificado para atender ao gosto de seus membros e se conectar a diferentes públicos ao redor do mundo, a Netflix está expandindo cada vez mais sua produção local, junto aos títulos internacionais e de Hollywood.

Seis títulos originais da Colômbia devem estrear durante este e o próximo ano. Entre eles, está a recém-anunciada segunda parte da antologia policial “Historia de un crimen” – nesta nova temporada abordando o caso de Luis Andrés Colmenares – além de dois novos especiais de comédia estrelando Liss Pereira e Ricardo Quevedo. Os títulos complementam a lista de conteúdo colombiano prestes a chegar à Netflix, incluindo a já anunciada série dramática de ação “Distrito Selvagem”, com Juan Pablo Raba, a série jovem “Sempre Bruxa” e a série de suspense policial ‘Frontera Verde”, produzida pela Dynamo e por Ciro Guerra.

Além de servir como plataforma para que astros colombianos possam brilhar, a Netflix também investiu no mercado por meio de produções, tanto locais como internacionais, realizadas por todo o país: de cidades cosmopolitas como Bogotá e cartões postais caribenhos como Cartagena até Letícia, na Amazônia, e as vastas montanhas de La Macarena. Isso inclui a série biográfica Nicky Jam: Vencedor, o mais novo filme de J.C. Chandor, que recebe o título provisório de Triple Frontier, e a segunda temporada da série original mexicana Ingobernable, entre outras. Cerca de 35 mil colombianos foram contratados como integrantes de elenco, equipe e figuração nessas produções locais ao longo dos anos.

Os novos títulos se juntam a uma lista mais ampla de mais de 70* produções originais sendo realizadas em toda a América Latina, entre elas A Casa das Flores, Club de Cuervos, Narcos, Monarca, Puerta 7, Vai Anitta e O Mecanismo. As produções da Netflix quase quintuplicaram desde que começaram a ser realizadas na região em 2015.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here