O musical “Olé! É sempre tempo de música” que irá percorrer 5 capitais, chega ao Rio de Janeiro no dia 4 de maio. O Espetáculo que será de graça, vai ocupar a partir das 17 horas a Praça Mauá, fazendo o público reviver sucessos das décadas de 60 a 80.

Nesta primeira edição, o musical faz uma homenagem a Eduardo Dussek, que também vai compor o elenco ao lado de Caffeine Trio, Mylena Jardim (vencedora do The Voice Brasil 2016), Adrianna Moreira, Marcelo Veronez, Marcelo Ricardo e DJ Barulhista. Os hits nacionais e internacionais serão conduzidos pela MG Big Band – que, no musical, assume o sugestivo nome de Orquestra Cabeça de Prata – sob a regência do maestro Marcelo Ramos.

O espetáculo terá músicas dos Beatles, Jovem Guarda, Roberto Carlos, Rita Lee, Tim Maia, Lulu Santos, Jorge Benjor, Raul Seixas, Eduardo Dussek entre outros compositores. O repertório vai passar pelos embalos de sábado à noite, pelo pop rock brasileiro dos anos 80,  disco music, clássicos populares, hits dançantes e de rosto colado, além das marchinhas imortais do carnaval.

Sempre  gratuitas, as apresentações acontecem em espaços públicos de cinco cidades diferentes – Salvador, Goiânia, Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte -, e em todos os espaços serão instaladas cadeiras que garantirão o conforto dos espectadores. Segundo as idealizadoras do projeto, Ray Ribeiro e a produtora Pólobh, o objetivo é de provocar no público não só boas memórias, como fazer com que ele participe, cantando e dançando junto.

 A homenagem do “Olé! É Tempo de Música” a Eduardo Dussek tem propósito: artista completo, que passa com maestria pela música, teatro e televisão. Pupilo de Gilberto Gil, iniciou a carreira já com algumas composições gravadas por nomes de peso da MPB, como As Frenéticas (o samba “Vesúvio”), Ney Matogrosso (o fox “Seu tipo”) e Maria Alcina (o frevo “Folia no Matagal”, dois anos depois regravada por Ney Matogrosso) – todas em parceria com Luís Carlos Góis. Suas letras buscavam aliar sátira e bom humor, caraterística que o definiu. Em 1980, participou do festival MPB Shell da Rede Globo cantando apenas de cueca a debochada canção “Nostradamus” que não se classificou, mas tornou-se uma das preferidas do público.

SERVIÇO
“Olé! É Sempre Tempo de Música”
Data: 04 de maio – sábado
Local: Praça Mauá
Horário: a partir das 17h
Entrada gratuita
Classificação: Livre

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here