Depois de 30 anos, Terry Gilliam (O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus’ finalmente conseguiu realizar o seu sonho de filme O Homem Que Matou Dom Quixote com um elenco que inclui nomes como Adam Driver e Jonathan Pryce. Na história, um velho sapateiro espanhol que acredita ser Dom Quixote confunde Toby, um arrogante diretor de comerciais, com seu escudeiro Sancho. Ao longo de suas hilárias e cada vez mais insanas aventuras, Toby se vê preso nas absurdas alucinações ao mesmo tempo em que é forçado a confrontar as trágicas consequências de um filme que fez em sua juventude e que destruiu a vida de um pequeno vilarejo na Espanha. O filme está disponível no Itunes.

O drama Sergio & Sergei,  livremente baseada em fatos, sobre um cubano, chamado Sergio, que, com a ajuda de um amigo que vive nos EUA, busca ajudar o Sergei, o último cosmonauta soviético à bordo da estação espacial Mir e que não consegue contar com a ajuda da colapsada União Soviética para voltar para a Terra – onde ele deveria pousar, por exemplo, havia se transformado em um país independente, o Cazaquistão. Com ironia e elementos satíricos, o filme nos lembra que, no espaço, o mundo não possui barreiras e também nos mostra o impacto dos grandes eventos do mundo político nas vidas dos cidadãos comuns. A direção e o roteiro são assinados por Ernesto Daranas, o mesmo de ‘Numa Escola de Havana’, e o elenco conta ainda com Ron Perlman. O resultado final foi extremamente elogiado pela crítica, sendo selecionado para diversos festivais e levando a indicação de Cuba para o Oscar. Inédito no circuito comercial dos cinemas no Brasil, o longa estreia diretamente no Itunes, Now, YouTube e Google Play.

O documentário Imagem e Palavra, de Jean-Luc Godard,  chega ao Itunes, Now, YouTube e Google Play.  O diretor Jean-Luc Godard é um dos grandes nomes do cinema mundial, principalmente por conta do trabalho produzido durante a explosão da Nouvelle Vague. Ainda na ativa, o franco-suíço, hoje, produz menos que em seus tempos áureos, mas ainda busca um olhar de inovação dentro de suas obras. ‘Imagem e Palavra’ vai justamente nesse caminho, em uma história contada em cinco partes (como no número de dedos de uma mão), que reúne diferentes expressões da arte para apontar um único problema: a ineficiência do cinema como arma de protesto e denúncia contra as grandes atrocidades da humanidade. Não é para todos, nem para qualquer momento. Prepare bem o espírito antes de assistir – ainda assim, assista. Trata-se de uma reflexão necessária.

 Aos 84 anos, Judi Dench – a dama do cinema – ainda “chuta bundas”, como dizem os mais jovens. Em A Espiã Vermelha, ela interpreta Joan, uma idosa que é exposta como a mais antiga espiã da KGB, o serviço secreto da União Soviética. A partir daí, o filme vai contando, por meio de flashbacks, esta incrível história baseada na vida real de Melita Norwood. A direção é de Trevor Nunn, que tem uma longa carreira como diretor de produções teatrais britânicas, incluindo ‘Os Miseráveis’ e ‘Cats’.  O filme está disponível no Itunes, Vivo Play YouTube e Google Play.

Ruben Brandt, O Colecionador, é um verdadeiro deleite para os fãs de animação ou mesmo da arte em geral. Produção húngara, o filme paga tributo ao mundo da arte, em uma história sobre um teurapeuta é auxiliado por quatro pacientes, todos ladrões, a roubar quadros famosos. Uma prova de que é possível produzir longas-metragens animados de qualidade fora dos EUA ou dos centros tradicionais do cinema. Até por isso, o filme não foi exibido nos cinemas brasileiros e também chega direto no Itunes, Now, YouTube e Google Play.

Em Rastros do Além, Bella Thorne estrela uma história pós-apocalíptica que se utiliza das fórmulas típicas do subgênero de thriller sobrenatural. O plot inicial é um dos mais interessantes: um evento global matou boa parte da população, mas deixou “rastros” de imagem dos mortos, que continuam assombrando os vivos. O filme está disponível no Itunes, Now, YouTube e Google Play.

Qual é a solução para um casamento preso na rotina e no marasmo de anos e anos de relação? Esse é o ponto de partida de Happy Hour’ uma co-produção entre Brasil e Argentina que coloca Pablo Echarri (‘El elegido’) como um marido que propõe um relacionamento aberto para a esposa, vivida por Letícia Sabatella (de produções da Globo como ‘Carcereiros’ e ‘O Clone’). Tudo isso mesclado com um subtexto político e social, revelando como os fatos externos ao casamento podem influenciar na vida a dois – algo com o qual muitos vão se identificar.  Disponível em Itunes, Now, YouTube e Google Play.

O novo filme do chamado chamado Universo Invocação do Mal ganha uma história baseada em uma das mais antigas lendas do México. A Maldição da Chorona é dirigido por Michael Chaves, que está envolvido em outros filmes da franquia, mas aqui, infelizmente, fica preso no convencional. Ainda assim, há algumas sequências memoráveis a nível técnico e, sem dúvida, a edição e edição são a melhor parte desta produção. No entanto, os efeitos visuais e a atmosfera de horror são falhos. Ideal para quem gosta de sequências e spin-offs dentro do mundo de ‘Invocação do Mal’.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here