Fãs de anime e quem ainda não teve chance de descobrir esses incríveis filmes de animação criados por produtoras e estúdios japoneses, reservem o período de 21 de agosto a 2 de setembro para viajar na mostra ANIME: O Fantástico Mundo das Animações Japonesas, no CCBB Rio de Janeiro. A seleção de filmes revela a diversidade de estilos de desenho, temáticas e gêneros do anime e o poder de uma indústria que manteve a tradição dos trabalhos desenhados à mão e animados em 2D. O projeto é patrocinado pelo Banco do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e acontece também no CCBB Brasília, de 20 de agosto a 1º de setembro.

A entrada é franca para todas as sessões e os dois debates promovidos pela mostra. Serão apresentadas 15 produções, realizadas entre 1988 e 2016, entre elas cultsde diretores consagrados como Akira(1988), de Katsuhiro Ôtomo, baseado no mangá homônimo, um grande sucesso no mundo todo que revolucionou a animação japonesa; Paprika(2006), de Satoshi Kon, premiado nos festivais de Annecy, Montreal e Fantasporto e Melhor Música no Tokyo Anime Award; O Conto da Princesa Kaguya(2013), de Isao Takahata, que mostra ahistória da heroína de O conto do cortador de bambu, clássico relato popular japonês, participou da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes e concorreu ao Oscar de Melhor Animação; e 5 centímetros por segundo(2007), de Makoto Shinkai,um anime para adultos que ganhou o prêmio de Melhor Animação do Asia Pacif Screen Awards.

“A Mostra ANIME: O Fantástico Mundo das Animações Japonesas propõe um panorama da produção de longas-metragens anime. Com uma mistura de clássicos conhecidos do público e referenciados no mundo, como Ghost in the Shell: o Fantasma do Futuroe Akira, títulos de diretores consagrados, como Vidas ao Vento,de Hayao Miyazaki, e Paprika, de Satoshi Kon, além de obras populares baseadas em franquias de video games e mangás, a mostra explora a diversidade dessas fantásticas animações.”, comenta a curadora Juliana Melo.

Mangás, novelas gráficas japonesas e, nos últimos anos, jogos de videogame deram origem a diversos animes de sucesso. Antes de chegar aos cinemas, muitos deles começaram como séries de TV, algumas delas com duração de várias temporadas e centenas de episódios.

Oapelo dos filmes anime cresce constantemente no mundo, nomes como Satoshi Kon, Isao Takahata, Mamoru Oshii, Hayao Miyazaki, Katsuhiro Ôtomose estabeleceram e criaram escolas na animação. Novos realizadores surgem a cada ano, como Makoto Shinkai e Hiromasa Yonebayashi. O impacto mundial do anime é tão grande que animadores de outros países passaram a se inspirar e buscar coproduções com estúdios japoneses. É o caso do premiado A Tartaruga Vermelha, do alemão Michael Dudok de Wit,em parceria com o studio Ghibli.

No dia 26 de agosto, segunda, às 20h, logo após a exibição dePaprika, a curadoraJuliana Melo e o designer e animadorDaniel Pina conversam com o púbico sobre “Paprikae o trabalho de Satoshi Kon”. “As Memórias de Marnie- ancestralidade e mulheres no anime” será o tema do debate, que contará com apresença de intérpretes de LIBRAS,com Juliana Melo e Ana Rodrigues, Presidente da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro – ACCRJ, no dia 28, quarta, às 20h, depois da sessão de As Memórias de Marnie (com legendas descritivas). E, na quinta, dia 22, a sessão das 13h de The Sky Crawlers: Eternamente terá audiodescrição.

SERVIÇO
ANIME: o fantástico mundo das animações Japonesas
Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro (Rua Primeiro de Março 66, Centro)
De 21 de agosto a 2 de setembro de 2019
Ingresso: Entrada franca

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here