O Teatro Cândido Mendes apresenta de 14 de agosto a 12 de setembro a estreia do espetáculo “Ouro Branco”, de André Ladeia. A rotina de quatro servidores é alterada pelo desatino do Procurador-Geral que, ao majorar suas jornadas, começa a persegui-los, promovendo uma verdadeira revolução no ambiente de trabalho. Quanto mais os servidores se insurgem, piores vão se tornando suas condições de trabalho. Tudo isso regado a devaneios envolvendo teorias de conspiração em vários períodos da História, calendário Maia, Astronomia e outras excentricidades. Uma tragicomédia que questiona os valores da Justiça e sua relevância nos dias atuais. O elenco é formado por Charles Paraventi, Eduardo Gentil, Hilton Castro, Ícaro Galvão e Juliana Azevedo. A direção é de André Gonçalves e a produção é de Carolina Kezen.

“A peça traz uma ótima oportunidade de fazer um texto inédito, de um autor novíssimo, estreando no teatro e de fazer um pouco do Brasil que a gente vive, do passado e o atual, algo tão surreal, mas ao mesmo tempo, tão real. Que a nossa trajetória seja brilhante, que a gente possa fazer uma possibilidade do que incomoda tanto ao povo brasileiro: o serviço público e os nossos governantes”, ressalta André Gonçalves, diretor do espetáculo.

Serviço:
” Ouro Branco”
Teatro Cândido Mendes (Rua Joana Angélica, 63, Ipanema)
Data: de 14 de agosto até 12 de setembro
Quartas e quintas, às 20h
Classificação: 14 anos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here