Quando J.R.R. Tolkien criou seu universo fantástico da Terre-Média, fincando um marco para a literatura e também criando o estilo medieval fantástico, mas quem disse que a fantasia se limita a isso apenas? Phillip Pulman escreveu trilogia nomeada de As Fronteiras do Universo, e seu primeiro livro se chama A Bússola de Ouro. Em um mundo onde as almas habitam fora dos corpos das pessoas em formas animais chamadas de daemons, eles são o reflexo da nossa verdadeira natureza. Neste mesmo mundo existem organizações religiosas que controlam o mundo com mão de ferro, alguns vão tentar ir contra essa autoridade. E através de todos os mundos existe o Pó, um partícula fundamental que transcende os universos e todos os seres. A jovem Lyra Belacqua vai entrar numa aventura contra a Autoridade, e descobrimento do que é o Pó.

O filme homônimo de 2007 foi relativamente um fracasso, e enterrou a trilogia por muito tempo (recentemente uma parceria entre a HBO e a BBC  foi anunciada). E sendo sincero, é no geral um filme mediano, contudo, ele tem elementos que realmente valem a pena. Pulman criou um tipo de fantasia tecnológica que mistura conceitos científicos também, adaptados maravilhosamente no filme, com os dirigíveis, veículos, estilo do inícios do século XX na Inglaterra. O conceito dos daemons também, muito bem desenvolvido nos livros, possui uma leve introdução no filme. Acima de tudo, o filme se vale pelo elenco: Nicole Kidman (como uma das vilãs mais lindas do cinema), Daniel Craig, Eva Green, Khaty Bates, Sam Elliott, Ian McKellen (fazendo um urso polar rei guerreiro), Christopher Lee, Ian McShane, Jim Caster e Freddie Highmore. Só isso já cria motivo o suficiente pra assistir esse filme, que apesar de todos os problemas, ele continua sendo uma fantasia maravilhosa.

O filme foi em toda sua essência fiel a obra original, porém se mostrou incapaz de captar toda sua complexidade de forma simples. Ainda assim ele é muito bom como uma introdução que desperta interesse para ler a trilogia, e para ver a série que está por vir.

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here