“CHEIRO DE MANGA” propõe uma viagem até Toubab Dialaw, pequena vila ao sul de Dakar, em Senegal. Através dos sons, das cores, dos cheiros e do movimento, instiga a criação de memória através do imaginário. Numa atmosfera sensorial, o espetáculo busca contar histórias e redescobrir os caminhos de terra batida da pequena vila de pescadores e seus arredores.

Com concepção, direção e interpretação de Laura de Castro e trilha original composta pelo músico Eduardo Rezende, CHEIRO DE MANGA é uma experiência multilinguística, trazendo para a cena a dança contemporânea, os movimentos africanos, o teatro, o canto, a música, tudo num ambiente que aguça os sentidos: a manga que é oferecida ao público, as luzes que se apagam para ampliar o som dos tambores, o cheiro do hibisco misturado com a areia que marca o círculo no chão e faz com que os espectadores fiquem em roda, convidando-os a participar e criar sua viagem até o Senegal.

“CHEIRO DE MANGA” surgiu como uma necessidade da artista Laura de Castro de transformar em algo palpável a vasta experiência que foi passar três meses na África em residência artística na École des Sables, em Toubab Dialaw. Nessa vivência, muitas questões surgiram: religiosas, ambientais, culturais, raciais e corporais. Ao voltar ao Brasil, Laura percebeu que o compartilhamento dessas questões através da cena abriria outras janelas de entendimento. Assim surge o espetáculo que refaz sua viagem e convida o público a também viajar para que juntos desbravem estas questões e possibilitem o surgimento de outras.

SERVIÇO
“CHEIRO DE MANGA”
Data: 13 a 15 de setembro
Sexta e Sábado – 20h, Domingo – 19h
Local: Teatro Cacilda Becker (Rua do Catete, 338 –Catete)
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 50 minutos

Foto: Daniel Vilar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here