A produção diária de massas frescas e artesanais com farinha italiana continua, assim como a seleção de ingredientes nobres, insumos importados e o preparo de excelência. As principais características que consolidaram o D.O.C Ristorante como uma referência da alta gastronomia italiana se mantém. Mas há algo de novo no tradicional restaurante. Sob o comando do experiente restaurateur Nicola Giorgio, a casa acaba de passar por um processo de repaginação que só melhorou e modernizou o que já era ótimo. 

Da decoração à iluminação, passando pelos uniformes, louças, mesas e, é claro, o cardápio de clássicos da comida italiana, que Giorgio conhece profundamente. “O D.O.C é uma marca consolidada no mercado, mas se fez necessária a modernização da marca para agregarmos valores mais atraentes. Sem perder a sua essência. Agora oferecemos um à la carte mais acessível que mantém o público habitué, mas que também conquista um novo. E surpreende positivamente ambos”, afirma o restaurateur, que na cidade maravilhosa teve experiências marcantes em restaurantes como o Fasano, onde ficou sete anos, e no Duo, que garantiram uma maior aproximação com o público carioca. 

A leitura do cardápio continua a mesma, só que com receitas totalmente novas. “Mantivemos sabores antigos em versões mais leves”, diz Nicola. 

Destaque para a recém-criada seção de carnes na brasa.  Nesta seara destaca-se o Prime Rib (R$98) (foto), nada menos do que 500 gramas da carne mais macia da costela bovina. Também figuram outros cortes como o Assado de Tiras 320g (R$68), um corte nobre da costela do traseiro, bem macio e saboroso. E o Filetto 320g (R$64), a parte mais tenra do filé mignon Black Angus, que desmancha na boca.  

Nessa repaginação, o comensal viaja por outros inesquecíveis sabores italianos. Entre as entradas vai encontrar opções como a Parmigiana (R$32), uma clássica parmigiana de berinjela acompanhada de pão toscano e azeitonas pretas. Outra ótima opção é o Carpaccio (R$36) (foto), de filé curado com azeite defumado, rúcula e pinoli. O menu traz também o Uovo (R$38), um impressionante ovo pochê com musseline de batata baroa trufada, fondue de pecorino e espinafre, entre outras iguarias.  

Na tradicional seção de massas estão algumas delícias caseiras e cheias de sabor como o Spaghettini Mare (R$62), um suculento espaguete com frutos do mar cuidadosamente selecionados.  Outra pedida é o Gnocchi e Agnello (R$58) (foto), um marcante nhoque com cordeiro marinado ao vinho Chianti e fondue de parmesão. Sem falar nos risotos clássicos italianos como o Risotto Di Ossobuco (R$58) (foto), um perfeito risoto de açafrão com ossobuco de vitela e tulle de parmesão e o Risotto Alla Crema Di Gamberi (R$56), preparado com creme de camarões e parma crocante. O cardápio segue com opções de saladas, sopas e os incomparáveis doces italianos, como o Tortino (R$24), um petit gateau de doce de leite e raspas de limão siciliano; a Panna Cota (R$22), com calda de chocolate belga e farofa de castanha de caju, entre outras.  

O renovado D.O.C Ristorante tem decoração e iluminação de Lu Kreimer e Manuel Ferreira, mas Giorgio fez questão de dar o seu toque pessoal. A escolha do layout das mesas, os jogos americanos e louças ele que escolheu. “A casa está com uma cara mais europeia, mas mais moderna, executiva. Na decoração prateleiras com fotos, quadros, garrafas, assim como a repaginação das mesas se destacam”.   

A carta de bebidas também foi atualizada, ganhando novos coquetéis e uma carta de drinques mais moderna. Sem falar no diferencial de ter uma loja Grand Cru dentro do restaurante, que permite aos comensais escolher entre os mais diversos rótulos a preço de custo, sem qualquer taxa extra. 

Nicola revela que a reabertura está sendo um sucesso e o público já aprovou as mudanças. “Um restaurante não pode ficar parado no tempo. É importante trazer sempre uma novidade como mudar a capa do cardápio, mexer na carta de bebidas”, diz.  

O D.O.C Ristorante faz parte do grupo Business Food & Wine ao qual o restaurateur se uniu recentemente para somar seu talento, e colocar em prática a experiência adquirida em quase 40 anos de uma história dedicada à gastronomia. Além de Nicola, fazem parte do BFW o empresário Paulo Pacheco, o CEO Pedro Pacheco, a diretora comercial Candice Marocco e a chef Heaven Delhaye. O grupo abrange restaurantes como o Olivo – também comandado por Nicola – , Chez Heaven BistrotHeaven Cucina, El Don Exquisito, as lojas da Grand Cru na Barra, além do Bar do Zeca Pagodinho. 

Fotos: Rio Art Com   

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here