Animação no alto do céu e no fundo do mar! Vem aí a 15ª edição do Festival Anim!Arte, um celeiro internacional de jovens criadores de filmes de animação que estudam nas melhores escolas de cinema, artes e design do mundo (*). Referência na área, o evento vem contribuindo para a formação de plateias através de mostras de filmes, palestras, fóruns, workshops, masterclasses e oficinas práticas e teóricas sobre o universo da animação.

Será entre os dias 3 e 13 de outubro, com atividades sortidas concentradas no Planetário do Rio, na Gávea, com ingressos gratuitos para alunos da rede pública e a preços populares para o público em geral. Entre os destaques estão as masterclasses do renomado diretor tcheco Aurel Klimt, além de um fórum e oficinas. E para celebrar o Dia das Crianças, nos dias 12 e 13 de outubro, haverá uma programação especial no AquaRio, com sessões na Sala Redonda, no início da visitação ao aquário. Confira os detalhes abaixo!

“Queremos incentivar a cultura e estimular o crescimento artístico e profissional dos estudantes de animação do Brasil para que produzam mais filmes. Este ano, recebemos 1406 inscrições provenientes de mais de 90 países e, desse total, selecionamos 480 filmes de 61 países para compor os onze dias do evento”, quantifica Alexandre Juruena, diretor do Festival Anim!Arte, cineasta e professor de cinema de animação da Escola Parque há 12 anos.

Anim!Arte é a abreviação de Festival Internacional de Animação Estudantil e, como um bom apelido, caiu nas graças do público. Nos últimos anos, realizou itinerâncias em diversas cidades brasileiras e estendeu as telonas para Dinamarca, Rússia, Espanha, Estados Unidos, Moçambique e País de Gales. É o primeiro e único festival audiovisual da América Latina a integrar a Youth Cinema Network (YCN), a mais importante rede internacional de festivais de cinema juvenil.

A sede oficial em 2019 será o Planetário do Rio, na Gávea, com filmes exibidos nas duas cúpulas principais. Este ano, o festival apresenta uma novidade: a categoria “Fulldome” com projeções na cúpula Galileu Galilei, proporcionando assim, uma experiência de imersão para os visitantes por meio de uma moderna tecnologia de projeção 360º Fulldome. Serão exibidos filmes sobre a arqueoastronomia dos povos Maias, Mexicas (América do Norte) e Maori (Oceania).

Também está prevista uma programação especial para o Dia das Crianças, com oficinas e apresentações artísticas e culturais. No AquaRio serão apresentadas sessões de filmes com temática ambiental nos dias 12 e 13 de outubro e haverá uma sessão especial, com áudio descrição, para os alunos deficientes visuais do Instituto Benjamin Constant. Tudo gratuito.

Os 480 filmes escolhidos estão concorrendo em oito categorias, que contemplam filmes com a assinatura de estudantes brasileiros e internacionais de faixas etárias distintas, universitários e profissionais. “Seguiremos com três categorias temáticas – Vídeo Musical, Filme Ambiental e Culturas do Mundo – que trazem produções audiovisuais recentes sobre questões ambientais e diversidade cultural, mostrando aspectos históricos e mitológicos das culturas”, explica Gabriela Horta, sócia da Núcleo i – Inteligência Criativa, a agência de design responsável pela identidade visual do Anim!Arte. As ilustrações de 2019 levam o traço do artista Júlio Guimarães.

O Anim!Arte 2019 contará com masterclasses internacionais ministradas pelo renomado e premiado animador tcheco Aurel Klimt, representado a importante Escola de Cinema e Televisão da Academia de Artes Cênicas de Praga (FAMU), na República Tcheca. Além de apresentar essa que é a quinta escola de cinema mais antiga do mundo na cerimônia de abertura do festival (evento em 3 de outubro, às 16h, no Hotel Fairmont, em Copacabana), Klimt ministrará uma masterclass sobre a História da Animação Tcheca – desde os primórdios, a partir da tradição medieval de teatro de bonecos. Será no dia 4 de outubro, às 16h, no Planetário do Rio e os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo site www.vouanimarte.com.br

E, no dia 10 de outubro, às 13h, no Planetário do Rio será realizado o Fórum de Educação e Animação, com a presença de representantes de três instituições que são referência na área de ensino de animação no Brasil: o Estúdio Escola de Animação (EEA), o Núcleo de Animação da PUC Rio (N.A.D.A) e a Universidade Veiga de Almeida (UVA).

Quatro oficinas de diferentes técnicas de animação serão oferecidas gratuitamente para jovens que participam de projetos sociais e culturais, entre os dias 7 e 10 de outubro, também com inscrições através do site do festival. Três delas sob a batuta da animadora, diretora e educadora Raquel Piantino, de Brasília (Animação Stop Motion, Animação com Recortes e Animação Experimental) e uma, de Animação Pixilation , será feita por Zé Brandão e Thiago Facini, do EEA. Zé Brandão é sócio fundador do Copa Studio, uma das maiores produtoras de desenhos animados da América Latina, e coordenador do EEA. Pequenos filmes de animação serão desenvolvidos nas oficinas e exibidos no encerramento do festival.

Agendamento para escolas

Até o dia 2 de outubro (ou quando acabarem os assentos para cerca de 40 sessões previstas) as escolas poderão agendar gratuitamente as suas turmas para assistirem às exibições cinematográficas no Planetário do Rio. Vale para estudantes da rede pública de ensino, de projetos culturais, ONGs e moradores em comunidades periféricas. O contato deve ser feito através do e-mail: producao@vouanimarte.com.br

Além de facilitar a chegada dos estudantes às salas de exibição e demais atividades programadas, o Festival Anim!Arte promove o intercâmbio de experiências audiovisuais entre os estudantes e os aproxima de animadores de renome através de palestras e workshops. O Anim!Arte oferece a oportunidade de crianças e jovens conhecerem um panorama mundial de filmes de animação selecionados por um júri altamente especializado.

As oficinas direcionadas a educadores contribui para a formação de professores do ensino médio e fundamental e amplifica a atuação do festival, fazendo com que as técnicas ensinadas cheguem nas escolas, cursos e universidades após o Anim!Arte. “Sabemos que a educação audiovisual melhora a compreensão da garotada e também colabora no desenvolvimento do pensamento crítico sobre todo o conteúdo exposto pela mídia de massa. Sem falar que é uma profissão promissora”, enumera Alexandre.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here