“Tatua na tua pele que eu não vou passar batida na festinha”, canta Letrux em “Vai Render”, faixa de abertura do disco LETRUX EM NOITE DE CLIMÃO. E ela não passou batida mesmo! Ao longo dos últimos dois anos, a artista lacrou a cena independente com o seu álbum de estreia solo e conquistou uma legião de fãs ávidos por suas apresentações.

Agora, após fazer dezenas de shows – catárticos e sempre lotados – nas principais casas de shows e festivais de todo o Brasil, e também de Portugal, Letrux se prepara para encerrar a trajetória do trabalho. Desde o dia 06/09, a artista deu início às últimas 13 datas da turnê, que nessa reta final ganha o nome de “Letrux Em Climão de Despedida”.

Entre os pontos altos está a apresentação no Circo Voador, no Rio de Janeiro, dia 18/10, com participação especial do parceiro e ex-companheiro Lucas Vasconcellos, com quem fundou o duo Letuce, projeto que terá algumas músicas de seus três discos incluídas nesta apresentação do Climão.

“É muito emocionante pra mim ter o Lucas no palco, faz 12 anos que nos conhecemos e lançamos 3 discos que são como filhos pra gente. Lucas é um músico excelente, cantor maravilhoso, muito criativo, me ajudou muito em vários processos, enquanto ser humano e como cantora também. Letuce marcou uma época no Rio, uma época mais fértil, um Rio mais cheio de casas pra tocar, a gente era feliz e sabia, felizmente”, conta Letrux.

Manaus, Maceió, Aracaju, São Luís e Vitória, cidades que ainda não receberam o show, estão contempladas no roteiro, que segue abaixo, e que incluiu a gravação DVD, com participação de Marina Lima e direção de Tata Pierry, no último dia 28/09, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo.

“Encerrar a turnê do disco Letrux em Noite de Climão é deveras prazeroso, porque percebemos o quanto alcançamos inúmeras pessoas, de todas as idades, gêneros, estilos, o Climão de fato rasgou tudo, o céu, minha cara, a vida, tudo. Mas não sou inimiga do fim, pelo contrário, amo ponto final, então natural encerramos esse ciclo e partir para a próxima ideia. Fico muito feliz com toda essa trajetória curiosa, divertida e profunda”, finaliza a artista.

E além da turnê, o Climão segue rendendo: nesse período também serão lançados dois clipes, que se unem aos sete já lançados. Depois, Letrux entra em estúdio para gravar o segundo disco, previsto para ganhar o mundo após o carnaval de 2020.

Desde a estreia, em julho de 2017, o trabalho conquistou prêmios importantes (Melhor Disco do Ano, pelo Prêmio Multishow, e Melhor Produção, pelo Women Music Event), excelentes posições em diversas listas de melhores discos daquele ano – e se transformou numa espécie de clássico contemporâneo que, inclusive, recentemente ganhou edição comemorativa de remixes, o “Letrux Em Noite de Pistinha”.

No álbum e no show, Letícia Novaes encarna a persona Letrux para cantar, de modo visceral e ao mesmo tempo íntimo, confessional, e, por vezes, tragicômico, sobre as intensas experiências de uma mulher que acaba de sair de um romance desastroso, ao longo de uma noite. “Em vez de ficar na fossa, dança-se”, resume a artista.

Romance, superação, amizade, franqueza, mistério, misticismo, sexualidade, gênero, infância, vida, morte, desvios e desvarios: tudo isso se conflui sob a estética vermelha do trabalho, “uma afirmação”, segundo Letrux, nova musa pop da cena independente brasileira. “O disco é dramático, apaixonante. Uso o vermelho como uma força, como paixão, como sangue. Estamos sangrando, mas estamos vivos e ainda apaixonados. Por quê ou por quem não importa, mas ainda tem paixão correndo nas nossas veias e por isso estamos aqui”, completa.

Com repertório que contempla todas as músicas do disco como “Ninguém Perguntou Por Você”, “Flerte Revival”, “Além de Cavalos” e “Coisa Banho de Mar”, no show Letrux (voz) canta acompanhada por Arthur Braganti (teclados), Natália Carrera (guitarra), Lourenço Vasconcelos (bateria), Martha V (guitarra e mpc) e Thiago Rebello (baixo).

Serviço:
Letrux em Climão de Despedida
Abert.: Livia Nery
Data: sexta, 18/10
Abertura dos portões: 22:00
Local: Circo Voador

Foto: Ana Alexandrino

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here