A partir de 17 de outubro, o Teatro Prudential recebe a comédia “Amor é Química”, de David França Mendes e Maria Clara Mattos, direção de Oscar Francisco e Giulia Grandis, com Carol Cezar, Fernanda Heras, Ricardo Vianna e Thiago Mello.

Uma comédia sobre a aventura do amor e do desejo numa época como a nossa em que tudo se programa e se quantifica, tudo pode ser preparado e planejado, mas que ainda pode acontecer a felicidade a quem tem coragem de arriscar. “Amor é Química” é uma comédia em que a mulher não é chata e o homem não é canalha. Em que a mulher não está preocupada com relações estáveis e o homem não morre de medo da patroa.

O texto com a história de dois casais. Um deles vive feliz um casamento nada convencional. Ele se chama Carlito e ela se chama Bárbara. O outro casal, Juan e Simone, é um casal amargo e competitivo. Dois casais completamente diferentes em temperamento e estilo de vida que se conectam por um desses acasos do destino. Simone é a psiquiatra que atende Carlito e Juan o psicanalista de Bárbara. O casal infeliz vai fazer de tudo para destruir o casal feliz. E vai quebrar a cara tentando.

Seu ritmo é vertiginoso. Suas situações, deliberadamente exageradas. O efeito desejado é o riso.

SERVIÇO:
‘Amor é Química’
Local: Teatro Prudential (Rua do Russel – n° 804 – Glória. Rio de Janeiro)
Horário: quintas, sextas e sábados às 20h | Domingos, às 19h30
Temporada: de 17 de outubro a 15 de dezembro de 2019

Foto: Cicero Rodrigues

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here