O personagem James Bond foi criado em 1953 pelo escritor Ian Fleming, tornando-se o sucesso internacional que conhecemos até hoje. Sempre que algum personagem faz tremendo um sucesso ele acaba criando cópias ao redor do mundo, daí que vem nosso caubói, James West. Criado pra ser literalmente um James Bond do faroeste, West teve sua primeira aparição na série de televisão em 1965, e teve um sucesso mediano, e morreu depois que a moda dos filmes de faroeste acabou. Em 1999, estrelando nosso queridíssimo Will Smith, As Loucas Aventuras de James West trouxe de volta o personagem com uma nova cara, sendo um negro livre que atua como agente do governo dos EUA logo após o fim de sua Guerra Civil.

Depois da Primeira Revolução Industrial, as tecnologias mais avançadas usavam energia a vapor (como locomotivas, por exemplo), toda nova tecnologia traz uma onda de criatividade para ficção, assim foi criado o gênero Steampunk, onde existe robôs gigantes que funcionam a vapor. Como nosso James West é uma cópia de James Bond, logicamente, não poderia faltar um cientista louco para ser vilão. Como o herói é um negro livre, o seu algoz teria que ser um supremacista branco insatisfeito com o fim da escravidão, assim temos o Dr. Airliss Loveless (Keneth Braganath). Além desses dois atores hiper carismáticos, temos Kevin Kline atuando como parceiro de Will Smith e como excelente alívio cômico, e também Salma Hayek como a heroína. O filme foi dirigido por Barry Sonnenfeld, que também dirigiu a trilogia Homens de Preto, e os dois longas da Família Addams dos anos 1990, todos clássicos do entretenimento.

De fato que o filme não é uma obra-prima, e está até um pouco datado já, contudo, ele é uma excelente fantasia. Seu valor reside na simplicidade e puro entretenimento da trama, ele é plenamente capaz de ser uma história pulp, até uma história em quadrinhos. Ele tem aquela aura que nós aqui no Brasil chamamos de Espírito de Sessão da Tarde. É um filme de família sem tirar nem por, tem o caubói maneiro, o cientista bom e o mau, uma aranha gigante robótica, prato cheio pra crianças sonhadoras.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here