Ryan Gosling já soma dezenas de produções em sua carreira e a lista de fãs também não para de crescer. Nascido em 1980, ele celebra seu aniversário no dia 12 de novembro e o ROTA CULT selecionou cinco títulos Top (confira as imagens) para comemorar.

ryan gosling rachel macadams diario de uma paixão
Diário de Uma Paixão (2004)

Como muitos profissionais do setor audiovisual, seus primeiros trabalhos foram para a televisão e o início foi na série “Clube do Terror” (1995). No ano seguinte, Gosling foi visto em seis produções e uma delas marcou sua estreia no cinema: a comédia Frankenstein – O Sonho não Acabou (1996). Daí em diante, vieram novas produções para a TV, como o papel fixo na série “Breaker High” (1997 – 1998) e protagonista em O Jovem Hércules (1998 – 1999).

ryan gosling drive 2011
Drive (2011)

Em 2000, ele retorna para o cinema com o longa Duelo de Titãs, protagonizado por Denzel Washington, e os anos seguintes revelaram novos longas. O drama Tolerância Zero (2001) rendeu suas primeiras indicações e um prêmio da crítica russa. No ano seguinte, contracenou com Sandra Bullock no suspense Cálculo Mortal. Em 2004, ao lado de Rachel MacAdams, balançou o coração dos espectadores com Diário de Uma Paixão, sob o comando de Nick Cassavetes.

ryan gosling tudo pelo poder 2011
Tudo Pelo Poder (2011)

Sua primeira indicação ao Oscar de Melhor Ator veio em 2007, pela atuação em Half Nelson – Encurralados (2006). Com o suspense Um Crime de Mestre, além de contracenar com sir Anthony Hopkins, Gosling marca sua força junto ao público jovem ao ser indicado no Teen Choice Awards. Seus dois trabalhos seguintes, A Garota Ideal (2007) e Namorados Para Sempre (2010), são dramas com pegadas distintas, mas garantem mais visibilidade para ele.

ryan gosling russell crowe dois caras legais the nice guys
Dois Caras Legais (2016)

Em 2011, o violento e marcante Drive sinaliza sua carreira se encaminhou para outro patamar, como revelam outras cinco produções no mesmo ano, e duas delas, Amor a Toda Prova e Tudo Pelo Poder, rendendo indicações no Globo de Ouro. Em 2014, escorado pelo sucesso, ele investe na função de diretor com o longa Rio Perdido, mas o resultado final não agradou.

ryah gosling emma stone la la land
La La Land: Cantando Estações (2016)

Ao lado de Russell Crowe, em Dois Caras Legais, Gosling consolida seu lado cômico, é premiado e recebe indicações. Mas é com o multipremiado La La Land: Cantando Estações (2016) que ele volta ao topo, sendo novamente indicado ao Oscar e conquistando o Globo de Ouro de Melhor Ator em Musical. Em 2017, aparece como o replicante K no aguardado Blade Runner 2049 (2017) e, no seguinte, decola até a Lua na pele de Neil Armstrong em O Primeiro Homem (2018). E aí, curtiu? Agora, aproveite para comentar qual seria o seu Top 5 Ryan Gosling! 😉

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here