Com estreia marcada para dia 28 de novembro, a série com direção de Renato Barbieri  reflete sobre o fenômeno universal da consciência. Especialistas no tema da consciência, mas com abordagens por diferentes perspectivas se reúnem em “Consciência³”.

O diretor Renato Barbieri ressalta sobre a importância de se abordar o assunto como fator determinante para uma real transformação da sociedade: “A necessidade de se falar e se aprofundar sobre o fenômeno da consciência é premente! A tese central da série é que a consciência é um atributo da Vida, ou seja, não é uma exclusividade humana, e que a consciência coletiva será determinante para o desfecho do século XXI. Ou seja, se, enquanto Sapiens, continuarmos sendo consumistas inconscientes e ficarmos replicando a mentalidade antropocêntrica, o desfecho será imprevisivelmente danoso. E, pelo contrário, se adotarmos uma postura consciente perante nós mesmos, o outro, a Vida e o planeta, o desfecho do século XXI será bem diferente”.

 Renato conta que a ideia da série surgiu há cerca de dez anos, quando pretendia levar o projeto a um edital de um canal fechado de TV: “Não ganhei aquele edital e foi ótimo que tenha sido assim, pois tive a oportunidade de desenvolver melhor a ideia original, até o ponto de apresentá-la ao Canal CURTA! durante o MAC – Mercado Audiovisual do Ceará -, em 2016. Fechamos então uma série de 5 episódios de 45 minutos”, lembra o diretor.

A série tem como objetivo aprofundar o tema universal da consciência, com base no testemunho de pensadores e pensadoras, “pessoas realmente conectadas com o conhecimento universal”, de acordo com Renato. Um elenco estruturado que de fato se debruça sobre o tema, escolhidos a dedo de forma equilibrada entre gêneros e com presença essencial afro-brasileira e indígena. Nas palavras do diretor, “o elenco está no geral sintonizado com a Rede da Vida e não se encontra encarcerado pela mentalidade antropocêntrica. A série Consciência³ nos fala da Vida e de nosso tempo atual, cada vez mais vertiginoso”.

Entre os nomes escolhidos, o neurologista Antônio Damásio, o cientista espiritualista Fritjof Capra, o cientista de sistema Gaia Antônio Nobre, o pensador indígena Ailton Krenak, a filósofa Scarlett Marton, o historiador Luiz Marques, o psicólogo Guto Pompéia, o cosmologista Luiz Alberto Oliveira, a pensadora Lia Diskin, o filósofo Roman Krznaric, o psicólogo Roberto Gambini, o agroflorestal Ernst Götsch, o ativista Edgard Gouveia Júnior e outras pessoas notáveis.

Foto: divulgação Nobre Assessoria

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here