Até que ponto o homem se vende para conseguir o que quer? Qual é o mínimo para ser feliz? O que você seria capaz de fazer para conquistar os bens materiais que deseja? Essas são algumas das questões abordadas pelo escritor Ariano Suassuna na peça “Auto de João da Cruz”. Escrito em 1950, o texto é uma recriação do “Fausto”, de Goethe, cuja trama traz elementos de três romances populares nordestinos – História de João da Cruz, História do Príncipe do Reino do Barro Branco e a Princesa do Reino do Vai-não-Torna e O Príncipe João Sem Medo e a Princesa da Ilha dos Diamantes — de Leandro Gomes de Barros, Severino Milanez da Silva e Francisco Sales Areda, respectivamente.

Com direção de Inez Viana, a montagem celebra os dez anos da criação da Cia OmondÉ, que teve início com outro texto de Ariano Suassuna, o também inédito, “As Conchambranças de Quaderna”.

Escrita há sete décadas, a peça “Auto de João da Cruz” tem sua primeira montagem profissional pela Cia OmondÉ, que ganhou o texto de presente de Dantas Suassuna, filho de Ariano. “Suassuna é eterno, atemporal, nunca sairá de moda. A história dessa peça é sobre a insana ambição humana, que pode levar o homem a se perder de seus valores mais profundos e a cometer os piores crimes. Infelizmente, é um texto extremamente atual”, ressalta Inez. O elenco é formado por integrantes da OmondÉ e atores convidados. Em cena estão André Senna, Elisa Barbosa, Iano Salomão, Júnior Dantas, Leonardo Bricio, Luis Antonio Fortes, Tati Lima e Zé Wendell.

Serviço
“Auto de João da Cruz”
Temporada: De 16 de janeiro a 16 fevereiro 2019
Dias e horários: De quinta a sábado, às 19h. Domingo, às 18h
Local: Teatro Firjan SESI Centro | Rua Graça Aranha, 1 – Centro
Lotação: 350 lugares
Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)*
*sujeito à alteração
Classificação: 14 anos
Duração: 90 min.
Bilheteria: De segunda a sexta, das 11h30 às 19h30. Aos sábados e domingos de espetáculo, 2 horas antes do início.

Foto: Rodrigo Menezes

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here