O canal de streaming pioneiro da internet marca presença em peso nas premiações de 2020. Os Oscars indicaram oito produções da Netflix a corrida pela estatueta e uma dessas que está na disputa é Perdi meu corpo. A animação francesa chama atenção por seu visual deslumbrante e fora do “arroz com feijão” de Hollywood. O roteiro com temática levemente mórbida é obra de Jérémy Clapin, diretor da obra, com 1h21min de duração.

A trama acompanha uma mão decepada que escapa do laboratório de dissecação no qual estava presa durante os últimos meses. Com a fuga ela possui um só objetivo: retornar para o restante de seu corpo e voltar a fazer parte de um organismo completo. Enquanto ela vaga pelos arredores de Paris, se lembra dos tempos de quando era apenas uma jovem mão no corpo de um apaixonado rapaz.

Para aqueles que se esforçam em ver todos (ou a maior parte) dos indicados ao Oscar, essa animação certamente merece seu tempo. Uma experiência que contempla quase todos os cinco sentidos tratando do tato de forma geral como temática, mas também do sentido da visão, em cenas com perspectivas da mão como um “caranguejo de cinco patas” ou uma pequena pessoa, e sem nunca deixar de lado o som e trilha sonora que acompanha cada movimento. O olfato e o paladar ficam por conta da pipoca que você pode fazer em casa mesmo, já que se trata de uma obra da Netflix.

Imagens de Perdi Meu Corpo, animação da Netflix – Reprodução/YouTube

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here