A 10ª Mostra 3M de Arte, um dos eventos mais longevos do cenário paulistano de artes visuais, é uma oportunidade para artistas poderem desenvolver projetos inéditos remunerados. A Mostra abre edital que contempla a participação de artistas de todo o país, incluindo estrangeiros residentes no Brasil há mais de dois anos e também brasileiros que moram no exterior. O edital reforça o objetivo de buscar uma reflexão sobre o diálogo da arte contemporânea no espaço público, promover a democratização do acesso à arte e impulsionar a produção artística nacional. As inscrições podem ser feitas pelo site http://www.mostra3mdearte.com.br até 18 de maio e três projetos serão selecionados.

Para celebrar sua 10ª edição, a Mostra apresentará trabalhos de dez artistas, sendo sete convidados e três por meio de edital, promovendo a pluralidade regional e cultural do evento. Quem assina a curadoria deste ano é a curadora e pesquisadora Camila Bechelany, que propõe o tema “Lugar comum: travessias e coletividades na cidade” enquanto oportunidade para que sejam desenvolvidas questões como acessibilidade, coletividade, colaboração, diversidade e as possibilidades de convivência no espaço público pensado como um bem comum.

O conceito definido por Camila Bechelany para a 10ª Mostra 3M de Arte, que pela primeira vez ocupa o Parque Ibirapuera, tem como uma de suas inspirações a seguinte citação da arquiteta modernista Lina Bo Bardi: “Quando o espaço é inteiramente familiar, ele se torna lugar.” Esta afirmação tem uma congruência quando se trata deste parque, um espaço procurado por quem busca paz, socialização, lazer, contato com a natureza e, também, com a arte. “O edital incentiva os artistas a pensarem em várias camadas de aproximação das pessoas com este lugar, e também o espaço verde como resistência e valorização do que é comum a todos, independente de classe social ou faixa etária”, conta Camila Bechelany.

Para participar do edital basta apresentar projetos que estejam conectados com essa temática, não apenas no conteúdo, mas também no formato. Ser uma obra inédita, que dialogue com o público comum e que resista a fatores climáticos e intervenções humanas são alguns dos critérios de avaliação. Cada artista selecionado receberá um cachê de R﹩ 5.000,00 e o valor de R﹩ 25.000,00 como verba de produção, incluindo transporte, instalação e desinstalação da obra.

No ato da inscrição, é necessário enviar biografia resumida do(a) participante, portfólio com 20 imagens de outros projetos, proposta de obra e respectiva proposta de realização com até 15 (quinze) imagens, apresentando cronograma, orçamento detalhado para a produção, montagem e desmontagem da proposta, bem como outros custos que se fizerem necessários.

Todos os selecionados deverão considerar fatores como o local da Mostra, duração da exposição e acesso do público, além do acompanhamento em tempo integral da instalação da obra. Para selecionados residentes fora da cidade de São Paulo, haverá hospedagem e transporte pagos pela empresa Elo 3.

 A 10ª Mostra 3M de Arte acontece, gratuitamente, de 12 de setembro a 11 de outubro, pela primeira vez, no Parque Ibirapuera, cartão postal da cidade, tombado pelos órgãos de preservação do patrimônio histórico, e um dos espaços mais democráticos da cidade que chega a receber mais de um milhão de visitantes por mês.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here