Já se passou quase três meses que o Rio de Janeiro enfrenta o coronavírus e o impacto no turismo em Santa Teresa é enorme. Com o objetivo de sublinhar a participação dos artistas no tradicional evento Arte de Portas Abertas, a Chave Mestra, Associação dos Artistas Visuais do bairro, realiza um ciclo de lives.

Nesta segunda-feira o convidado é o artista Getúlio Damado: “Eu comecei a pegar as coisas que encontrava na rua e montava pequenas geringonças. Comecei a fazer o bondinho de madeira, pintado de amarelo e com corações vermelhos. Ele era assim quando cheguei ao bairro. Meus bonecos surgiram para complementar. Eu fazia as coisas e deixava aqui. Algumas pessoas foram se interessando e compraram”. Damado e seu filho Victor, que também integra o Atelier Chamego Bonzolândia, estarão conectados com o público neste dia 8 de junho às 16 horas no Instagram @arte_de_portas_abertas. O projeto segue com os artistas Alcir Dias (Pintura e Cultura Afro-Brasileira, 10/6 às 16 horas) e Boni (Origami na Pandemia, 15/6 às 15h).

Foto:  Chave Mestra

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here