‘Cine Holliúdy’ será reexibida nas noites de terça-feira.

Foto: Globo/ Marcos Rosa

A partir do dia 7 de julho, a série ‘Cine Holliúdy’ será reexibida nas noites de terça-feira. Com muita poesia e humor regional, a produção conta a história do cinemista Francisgleydisson (Edmilson Filho) e sua luta para manter viva a arte do cinema em Pitombas, cidade fictícia no interior do Ceará, depois que um aparelho de TV chega à cidade.

“Francis é um personagem que me acompanha desde 2004. É dedicado, sonhador, muito brasileiro. E eu tenho a sorte de fazê-lo na TV e no cinema também. Saber do retorno da série à TV foi uma surpresa e me deu uma felicidade muito grande. Eu fiquei muito satisfeito por ver que é uma produção que está retornando por sua qualidade”, afirmou o ator Edmilson Filho.

A diretora artística da série, Patricia Pedrosa comenta sobre como considera importante ver a produção de volta às telas neste momento de pandemia. “Acho muito importante essa obra estar de volta e poder entrar na casa do povo brasileiro com algo tão leve, mas também tão importante no sentido da resistência, já que a história fala da resistência do cinema frente à televisão. Ter ‘Cine Holliúdy’ reprisado é uma honra enorme e eu fico eternamente grata de poder fazer parte desse processo”, afirma Patricia.

Os autores Claudio Paiva e Marcio Wilson reforçam o quão atual é a história retratada na obra. “‘Cine Holliúdy’ conta a história da resistência do cinema. O nosso personagem principal promove a resistência de uma forma muito afetuosa. É muito legal e importante a gente estar voltando ao ar porque vamos falar da resistência do sonho, o Brasil precisa da comédia. E precisa resistir e continuar sonhando”, disse Claudio Paiva.

“Eu aprendi demais nessa série que tanto tem a ensinar a gente. A Marylin é uma personagem que é salva pela arte, pelo cinema. E ela descobre que pode se desenvolver nesse ofício que é atuar. E a gente vê nessa história a força resistente do cinema, que é muito atual”, descreve Letícia Colin.

Gravada em 2017 na cidade de Areias, no interior de São Paulo, ‘Cine Holliúdy’ se passa em um Ceará da década de 70. Para isso, o município de cerca de 4 mil habitantes recebeu, por três meses, um verdadeiro mutirão para transformar as fachadas de prédios e da praça central e deixá-las mais coloridas e conectadas às referências da época.

Com dez episódios, a série faz uma homenagem à sétima arte e conta com participações especiais de Ney Latorraca, Chico Diaz, Ingrid Guimarães, Miguel Falabella, Rafael Infante, Falcão, Bruno Garcia, entre outros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here