Na época em que Contatos Imediato de Terceiro Grau chegou aos cinemas americanas, havia um novo tipo de cinema fundado por Steven Spielberg e George Lucas, o hoje, famosos blockbuster. Produções cinematográficas que superam a casa das centenas de milhões de dólares de faturamento, como Tubarão e depois com Star Wars, Spielberg e Lucas estavam literalmente reinventando a indústria do cinema norte-americano.

Tendo se mostrado um diretor capaz de trazer lucros absurdos de grandes para os estúdios, Spielberg começou a receber carta branca para criar filmes da forma que quisesse, coisa que não mudou muito até hoje. Portanto, Contatos Imediatos se tornou o segundo blockbuster de um longa lista da carreira de Steven Spielberg.

O longa já era um projeto antigo do diretor, que foi necessário a reunião de um time imenso de para sua realização. Apesar do diretor levar crédito pelo roteiro, ele recebeu auxílio de Paul Schrader e outros roteiristas em vários níveis do roteiro. O filme começa com uma equipe de cientistas franceses e americanas num deserto do México para investigar um esquadrão de aviões que teria desaparecido na segunda guerra mundial. Em várias partes dos EUA vários avistamentos de OVNI’s são feitos, entre eles está o personagem de Richard Dreyfus que começa a ficar obcecado com essas objetos não identificados. A trama vai crescendo em níveis de tensão, no estilo ficção científica com arrepios na espinha de maneira que fica a dúvida se o filme e um terror científica ou um ficção científica meio bizarra só.

Na verdade, Contatos Imediatos de Terceiro Grau é o que resume o âmago do entretenimento estilo Spielberg. Analisando cada detalhe do filme, percebemos que ele causa uma mistura de emoções muito bem narradas, e no final traz uma mensagem de esperança, se mostrando ser um filme para a família. Esse estilo, o final feliz e a aventura de Spielberg, se repete várias e várias vezes nos filmes que viriam na carreira do diretor. Isto está presente na trilogia de Indiana Jones, em E.T., e até em Guerra dos Mundos. Então, quando os extraterrestres se mostram na verdade pacíficos, todo os arrepios e agonias causadas por esses visitantes desconhecidos somem, e pergunta “estamos sozinhos nesse Universo?” é respondida sem medo.

Aliás, algumas curiosidades do filme são bem interessantes, pois Spielberg não ficou satisfeito com a versão de seu filme que foi para os cinemas, diz a lenda que só em 2004 que ele lançou a edição definitiva do filme. Outra curiosidade divertida é a presença do diretor francês François Truffaut, que foi grande amigo de Spielberg. Outra coisa que só traz pontos positivos a Contatos Imediatos é a trilha sonora impecável do maestro John Williams. Assistir está obra é apreciar o desenvolvimento fantástico de um diretor que possui várias camadas como Steven Spielberg tem.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here