10 filmes para ver junto ou separado do seu date.

Dia 12 de junho é sempre uma data delicada no calendário: se você se encontra comprometido, é sempre uma enorme ansiedade para passar com a pessoa amada e planejar o dia, se você namora à distancia, é um dia que a saudade aperta mais ainda, e se você está solteiro, é o dia que bate a carência com um pouco mais de força. Mas pensando em todas essas situações, aqui vão dez dicas do que assistir no próximo dia dos namorados, sozinho ou acompanhado. Todos os filmes estão disponíveis no catálogo da Netflix.

Ricos de amor – Novo romance brasileiro da Netflix, Ricos de Amor conta a história de Teto, filho mimado, herdeiro de um grande empresário, de uma cidade pequena. Em um breve momento, ele conhece Paula, uma estudante do Rio de Janeiro. Com medo da reação da garota, ele acaba mentindo sobre sua condição financeira e se passando por uma pessoa humilde, o que vai acarretar uma série de complicações em sua vida.

Ricos de Amor é aquela comédia romântica gostosa, que te mata de vergonha e de rir ao mesmo tempo, e no fim deixa aquela sensação de “quero mais”. Além disso, o romance se passa no cenário entre o interior do Rio de Janeiro e a Cidade Maravilhosa.

Você nem imagina – Também lançado recentemente pela Netflix, Você nem imagina conta a história de Ellie Chu, uma estudante comum do ensino médio prestes a se formar que, para ganhar um dinheiro extra, aceita ajudar um colega de turma a escrever cartas de amor, o que ela não imaginava é que iria se apaixonar pelo destinatário também. O filme é um coming-of-age que fala não só sobre a descoberta da sexualidade, mas também sobre amadurecimento. É um filme extremamente delicado e empolgante, ótimo para amolecer até os corações mais firmes.

Para todos os garotos que já amei – Adaptação de um best-seller, “Para todos os garotos que já amei”,  fala sobre a situação que Lara Jean se encontra depois de descobrir que as cartas que escreveu para garotos que foi apaixonada foram misteriosamente enviadas. O filme é para os corações apaixonados, e até ganhou uma sequencia recentemente intitulada Para todos os garotos que já amei. Ps: ainda amo você.

Essa é uma daquelas histórias adolescentes que fazem a gente reviver a época e se imaginar encontrando um amor antigo, por acaso. O filme é divertido, fofo e deixa qualquer pessoa suspirando por Noah Centineo ou Peter Kavinsky.

A barraca do beijo – Outro filme original Netflix, que impulsionou a carreira de Joey King e Jacob Elordi, que hoje fazem, respectivamente, “The Act” na Hulu e “Euphoria” na HBO.

O filme conta a história de Elle, que ao ter a ideia de fazer uma barraca do beijo, acaba se aproximando e apaixonando pelo irmão do melhor amigo dela. A relação de amizade acaba sendo abalada pelo novo romance, enquanto Elle ainda precisa lidar com as questões do novo namorado.

A barraca do beijo é o típico romance teen sobre o cara popular que acaba se apaixonando pela garota não-tão-conhecida-assim. Além dessa narrativa que por si só já conquista muita gente, o filme também aborda questões de amizade e de como superar problemas na relação. Pra alguns casais, pode ser o filme perfeito nesse dia dos namorados.

Modo avião – Larissa Manoela sempre se mostrou uma atriz capaz de conquistar pessoas, mesmo com sua pouca idade. Ela sempre se destacou nas novelas que fez e adquiriu muitos fãs ao redor do Brasil, fazendo com que várias empresas ficassem de olho na estrela. E já no seu primeiro trabalho com a Netflix ela já mostra para que veio.

Modo avião se tornou o filme de língua não-inglesa mais visto no streaming. Aqui, Larissa é Ana, uma grande influenciadora digital viciada no seu aparelho celular, por causa disso, ela acaba sofrendo um acidente e é obrigada a passar uns dias com seu avô, longe da internet, onde ela aprende lições valiosas sobre a vida real.

Modo avião é o filme mais leve da lista, aquele tipo pra família toda, mas que não tira de forma alguma seu mérito. Ele sabe divertir como nenhum outro e a gente tira aprendizados importantíssimos pra essa era digital.

Hoje eu quero voltar sozinho – Outro brasileiro da lista, Hoje eu quero voltar sozinho era, inicialmente, um curta-metragem que foi visto por milhões de pessoas no youtube, e acabou sendo adaptado para um longa.

Leonardo é um garoto com deficiência visual que precisa lidar com a mãe super protetora enquanto busca ser mais independente. Quando Gabriel, um novo aluno de sua escola, acaba se aproximando dele, Leo também começa a ter que lidar com a descoberta de sua sexualidade.

O filme fala sobre descobertas, sobre dificuldades, sobre amizade, de uma forma totalmente diferente e sensível. É aquele filme perfeito para encher o coração e ainda aprender inúmeras coisas.

Alguém especial – Como prometido, nessa lista também tem filmes para todos aqueles que gostariam, mas infelizmente não estão com a pessoa amada. Alguém especial  conta a história de Jenny, uma jornalista que por conta de uma proposta de trabalho precisa atravessar o país, por conta da mudança, enquanto seu namorado de quase 10 anos termina o relacionamento.

Agora, Jenny precisa aprender a lidar com a solidão depois de passar tanto tempo namorando e de aceitar sua nova vida, que não envolve mais seu ex. O filme trata o final de uma relação da forma mais crua, real, devastadora e cômica possível. Ao mesmo tempo que você ri da protagonista, você sente tudo o que ela passa. Gina Rodriguez está perfeita no papel e as histórias paralelas de suas melhores amigas também são igualmente viciantes. Não tem como não se identificar com alguma (ou com todas) as personagens desse filme.

10 coisas que eu odeio em você – Pra quem gosta de um clássico, 10 coisas que eu odeio em você é o filme perfeito! Com o incrível e charmoso Heath Ledger dando vida a Pat, um rebelde estudante que aceita o desafio de conquistar uma garota igualmente rebelde e arisca para que a irmã mais nova dela possa também namorar.

Para quem nunca viu, o filme é um grande romance teen dos anos 2000, que consegue, até hoje, ser extremamente popular. Pra quem já viu, o dia dos namorados talvez seja a melhor data para rever, afinal, sempre da para matar a saudade de Kat Stratford e se emocionar com seu poema.

Ponte aérea – Ponte Aérea é aquele filme para os casais apaixonados, mas que estão distantes fisicamente um do outro. Conta a história da paulistana Amanda e do carioca Bruno, que em uma viagem acabam se apaixonando. Os dois precisam lidar com a distância, além do fato de serem pessoas muito diferentes uma da outra.

Ponte aérea é o mais próximo da realidade que estamos atualmente, com pessoas impossibilitadas de se verem, com casais sendo separados pela pandemia. É um ótimo filme nacional, com atuações incríveis, momentos engraçados, tristes, mas que sempre passam a grande mensagem: o amor é capaz de vencer qualquer barreira.

Amizade Colorida – Outro filme que já virou clássico para os corações apaixonados é a história protagonizada por Mila Kunis e Justin Timberlake. Seus personagens, Jamie e Dylan, resolvem começar uma amizade colorida sem nenhum tipo de cobrança ou que possa vir a virar um relacionamento, mas é claro que, conforme o tempo, os sentimentos vão se confundindo.

A grande maioria das pessoas, hoje  em dia, passa por essa situação ou já se viu encurralado por ter confundido as coisas ou acabar confundido a pessoa. Por conta dessa grande identificação e por trazer paz ao coração dos mesmos, Amizade Colorida se tornou uma das maiores comédias românticas conhecidas. Com direito a grandes clichês, como flashmobs. Não tem como não querer viver um tiquinho do que eles vivem.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here