Público terá uma visão privilegiada de toda a frente do canteiro de obras.

Projeção H + F Arquitetos

Enquanto o público aguarda a tão esperada inauguração do Novo Museu do Ipiranga, marcada para setembro de 2022, será possível acompanhar todo o processo de restauração e ampliação do Edifício Monumento por meio do Observatório da Obra. Com inauguração prevista para outubro deste ano, o pavilhão de dois andares e 60m² está instalado no local que oferece a melhor vista para o edifício do Museu. Do mirante, o público terá uma visão privilegiada de toda a frente do canteiro de obras, conseguindo ver, inclusive, as escavações para a ampliação e para a construção da nova entrada do Museu do Ipiranga. Será uma maneira de acompanhar o dia a dia da obra com segurança.

Com horário de funcionamento das 8h às 18h, todos os dias, o Observatório da Obra será um container de formato retangular que ocupará o mezanino do Parque da Independência, próximo à rua Xavier de Almeida. O primeiro andar será dedicado a exposições – painéis irão abordar os marcos da obra e do processo construtivo; uma TV irá exibir o episódio mais atual da série “Diário da Obra”, mostrando ao visitante os avanços mais recentes e o momento em que a obra se encontra.  O segundo pavimento será o mirante voltado para o Edifício Monumento.

O espaço prevê, ainda, uma área externa reservada para ações de cunho educativo como palestras e debates, com condições de receber mesas e cadeiras quando necessário. Para abrigar esse mobiliário, o espaço terá um depósito localizado em uma das extremidades do container. Todo o espaço do pavilhão, assim o todo conteúdo nele exposto, será completamente acessível.

As ações de acessibilidade incluem o uso de libras, legendas em braile e dispositivos de audiodescrição para tudo o que for exposto. A proposta adianta uma política do Novo Museu do Ipiranga, que também pretende ter mecanismos de acessibilidade para as diferentes necessidades especiais dos usuários.

Aliás, as obras do Novo Museu do Ipiranga não pararam. Com o objetivo de assegurar a entrega do projeto em 2022, o canteiro de obras e as frentes de trabalho foram reorganizados para continuar funcionando. Com a adoção de protocolos de segurança, que incluem o monitoramento diário das condições de saúde dos trabalhadores, o afastamento dos grupos de risco e o escalonamento das equipes, além do uso e higienização constante dos EPIs, mantiveram-se os trabalhos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here