Quando o chocolate é o protagonista do filme.

Dia 07 de julho é considerado o Dia Mundial do Chocolate, aliás, esse produto maravilhoso é um dos muitos presentes da América do Sul para o mundo e merece um especial só dele com suas cenas mais icônicas no cinema.

Os Astecas já sabiam o valor imenso do cacau desde antes da chegada dos colonizadores, sendo ele mais valioso que o ouro. Os espanhóis conheceram o cacau, e através de várias misturas, chegaram nessa combinação divina que chamamos de chocolate.

Abaixo, você encontra alguns filmes que tem uma cena forte com chocolate ou o doce muito ligado a trama. Aliás, o chocolate é a alegria da vida, não é.

A Fantástica Fábrica de Chocolate (2005) – Clássico do cinema infantil, A Fantástica Fábrica de Chocolate conta a história de um menino muito pobre chamado Charlie em sua visita a monumental fábrica de chocolate do misterioso Willy Wonka. O filme de 1971 estrelado por Gene Wilder é um clássico do cinema infantil, porém o remake de Tim Button com Johnny Depp tem um primor visual incrível. A famosa cena da sala de chocolate, que na verdade é um imenso jardim com a cachoeira de puro chocolate derretido, é linda a e tentadora o suficiente pra matar diabéticos só de olhar para ela.

Chocolate (2000) – Rapaz, Johnny Depp deve realmente gostar de chocolate, pois ele fez outro filme sobre o assunto. Chocolate fala de uma mulher que é mãe solteira que acaba se mudar para um pequena cidade no interior da França. Ela não é vista com bons olhos pelos moradores da cidade, que não são muito simpáticos com forasteiros, mas após ela abrir uma chocolateria, vai conquistando e derretendo o coração de todos.

Simplesmente Complicado (2009) – Nesta comédia romântica, Steve Martin e Alex Baldwin formam um triângulo amoroso com Meryl Streep. A personagem de Maryl tem uma excelente padaria, e um de seus melhoras pratos é um croissant de chocolate. Ela e Steve Martin fazem o doce passo ou passo durante a cena, é tão detalhado que dá pra fazer em casa.

Mary e Max – Uma Amizade Diferente (2009) – Essa animação em stop motion é de pura doçura e amizade. Mary é uma menina australiana bem solitária, ela faz amizade com um judeu idoso de Nova York, e os dois tem um amor grande por chocolate. A amizade deles se desenvolve, até que Max fica rico e compra um suprimento de chocolate para a vida toda. Mary e Max – Uma Amizade Diferente parece um filme bobo, mas é na verdade baseado em uma história real que apesar de engraçada, é muito triste. O chocolate nessa história é nada mais que um símbolo de esperança para os dois personagens.

Entrando no túnel do tempo, Matilda (1996) conta a história da pequena Matilda Wormwood (Mara Wilson), uma criança brilhante de apenas seis anos, que cresceu em meio a pais grosseiros e ignorantes. Seu pai Harry (Danny DeVito) trabalha como vendedor de carros, enquanto que sua mãe Zinnia (Rhea Perlman) é dona de casa. Ambos ignoram a filha, a ponto de esquecerem de matriculá-la na escola. Desta forma Matilda fica sempre em casa ou na livraria, onde costuma estimular sua imaginação.  O local é controlado com mão de ferro pela diretora Agatha Trunchbull (Pam Ferris), o que faz com que Matilda apenas se sinta bem ao lado da professora Honey (Embeth Davidtz), que tenta ajudá-la o máximo possível.

Uma das cenas icônicas do filme é quando Bruce, seu irmão, é obrigado a comer um bolo inteiro em frente de todos os alunos após roubar um pedaço do doce da cruel tutora. A cena deixou muita gente com estômago embrulhado com ele todo lambuzado de chocolate aos 12 anos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here