Na próxima quarta, dia 05, o Canal Brasil exibe, às 13h40, a versão remasterizada do clássico Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos. Aliás, a adaptação da obra homônima de Graciliano Ramos, Vidas Secas é considerada um marco do Cinema Novo, além disso, é a única representante brasileira presente na lista de produções fundamentais para uma cinemateca segundo o British Film Institute. O título conquistou o Prêmio OCIC e foi indicado à Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1964, além de ter sido aclamado em eventos por todo o mundo.

A trama aborda a comovente história do retirante Fabiano (Átila Iório) e sua cadela Baleia. A família do protagonista parte pelo sertão em busca de melhores condições de vida. Pelo caminho, encontram uma casa abandonada e por lá se estabelecem. Após passarem por mais dificuldades, iniciam uma nova jornada e, para não morrerem de fome, precisarão tomar atitudes drásticas. A saga é contada com poucas falas e planos longos, utilizando uma fotografia em preto e branco – assinada por Luiz Carlos Barreto – que é fiel à aridez da caatinga.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here