Nos próximos dias 29 e 30 de setembro, o Programa Orquestra nas Escolas, da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, apresenta concertos de encerramento da série Tom nas Escolas.

Parceria com o Instituto Antonio Carlos Jobim, o projeto promoveu durante dois meses uma série de atividades que reuniram professores e alunos da rede municipal. Para celebrar, os resultados dessas atividades serão levados ao palco, em concertos que terão uma série de participações especiais: Maria Luiza Jobim, filha do maestro, cantará no primeiro dia, enquanto Leila Pinheiro participará do segundo espetáculo. Os dois concertos serão realizados na Cidade das Artes, a partir das 18h, com transmissão ao vivo pelos canais da Multirio e pelas redes sociais.

Com início em agosto, a série Tom nas Escolas reuniu toda a nossa rede municipal de educação em torno da obra do maestro. A partir das letras das canções, professores criaram atividades para os alunos, com resultados emocionantes e surpreendentes. Aliás, toda a série é composta por 13 vídeos, que renovam o conhecimento sobre o legado do maestro e estimularam novas produções de crianças e jovens.

Para coroar a série, os dois concertos de encerramento acontecem no palco da Cidade das Artes. A cada dia, serão apresentados diferentes repertórios, regentes e músicos.

Tom nas EscolasO primeiro dia é conduzido pelo maestro Vinícius Louzada. No segundo concerto, o maestro Anderson Alves rege a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca. Participam desse concerto também a aluna Maynah Faria, cantando Wave, e Leila Pinheiro. Outra atração é a apresentação de “Alegro em Ipanema – Concertino Romantico” para Gaita e Orquestra, tocada pelo gaitista José Staneck. A música é uma parceria póstuma entre Tom Jobim e Aluísio Didier, presidente do Instituto Antonio Carlos Jobim.

“Tom nas Escolas é uma realização de um sonho. Levar a música do nosso maestro soberano para toda essa turma de jovens é perspectiva de renovação e de valorização da nossa cultura”, destaca Staneck.

Mais do que apresentar canções, os concertos destacarão o protagonismo de alunos e professores no projeto, recriando e reinterpretando as canções de Tom Jobim. Em “Garota de Ipanema”, por exemplo, conheceremos garotas dos mais diferentes bairros da cidade; em “Chega de Saudade”, os integrantes da orquestra revelam do que eles mesmos sentem saudades.

Os concertos comemoram também os três anos do Programa Orquestra nas Escolas, que oferece educação musical para mais de 12 mil alunos da rede municipal de educação do Rio de Janeiro.

Serviço
Concerto Tom nas Escolas, com Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca
Datas: 29 e 30 de setembro
Horário: 18h
Participação especial: Maria Luiza Jobim (29/09), Leila Pinheiro e José Staneck (30/09)
Transmissão ao vivo direto da Cidade das Artes pelo Facebook

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here