Uma maratona de filmes infantis inéditos vai invadir as telas dos computadores, tablets e smartphones de todo o Brasil, a partir desta terça-feira (15), com o Takorama Brasil – Festival Internacional de Cinema. A programação ocorre até o dia 28 de outubro e pode ser acessada pelo site.

Os filmes podem ser assistidos em qualquer horário e apesar de serem de diferentes países poderão ser apreciados por um público de qualquer língua. Entre os destaques da programação estão os premiados o Meu Estranho Avô, de Dina Velikovskaya (Rússia, 2011), O Emprego, de Santiago Bou Grasso (Argentina, 2008) e O Complexo do Porco-espinho, de LISAA (França, 2013).

“O Takorama Brasil oferece um festival on-line desenvolvido para o contexto do isolamento social para que as crianças continuem em contato com os professores, mas também com outras crianças e descubram a diversidade cultural que os rodeia”, conta Christophe Defaye, fundador da Associação Internacional Films pour Enfants.

“Aliás, o intuito do festival é permitir que as crianças descubram novos filmes, novas histórias, novos universos visuais. E também que elas opinem, façam atividades e votem em seu filme favorito. Além disso, o festival permite que as crianças vejam filmes de animação não só como entretenimento, mas como uma ferramenta de comunicação.” comenta Liana Vila Nova, Diretora da América Latina da Associação Internacional Films pour Enfants.

A programação do Takorama traz filmes de diversos países. São 15 curtas-metragens, com duração média de cinco minutos, sem publicidade, com abordagens sobre tolerância, empatia, amizade, ecologia e cidadania. São filmes de diversos países que foram cuidadosamente selecionados pela Associação Internacional Films pour enfants, que é especializada em filmes para esse público. O programa é dividido em cinco categorias, para crianças e adolescentes de 3 a 17 anos.

O público poderá opinar e votar no seu filme favorito, dando voz às crianças, como júris mirins. Além disso, a plataforma do festival oferece um material pedagógico para cada filme a serviço das famílias e educadores, que podem questionar os filmes e desenvolver atividades educativas junto com as crianças. Os professores podem participar do festival com sua turma e incluir uma experiência lúdica e inovadora nas atividades escolares.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here