Divulgação

No Dia Mundial do HIV e AIDS, 1º de dezembro, às 20h, a MTV estreia “Deu Positivo”, um  doc-reality, protagonizado por pessoas reais que vivem com o HIV. No programa, as pessoas mostram suas histórias com naturalidade e clareza, mas também lidam com estigmas e preconceitos que, até os dias atuais, rondam a causa.

“Deu Positivo” foi gravado durante a pandemia e contempla três episódios. Na estreia, o doc-reality conta a história de Victor Bebiano, um multiartista de 23 anos que, recentemente, tornou público que vive com HIV. Victor namora há dois anos com o cenógrafo e aderecista Guilherme Custódio, formando um casal sorodiscordante.

“A MTV sempre destacou a importância e se manteve envolvida em ações de prevenção ao HIV e, mais do que isso, com foco contra o preconceito que existe ao redor dessa questão ainda hoje. Entrar como parceiro desse projeto, desenvolvido e realizado pela GSK, Vbrand e Cine Group, reforça nosso compromisso em trazer esclarecimento e informação para nossa audiência”, afirma Tiago Worcman, Vice-Presidente Sênior de Marcas de Música e Entretenimento da ViacomCBS América Latina.

“Ao longo dos anos a GSK/ViiV Healthcare tem desenvolvido diversas ações para desmistificar questões em torno do tema HIV, especialmente para jovens entre os quais há um aumento do número de infecções. Com a série “Deu Positivo”, mostramos através de histórias reais que é possível viver com HIV, com qualidade de vida e não transmitir o vírus desde que esteja em tratamento e com carga viral indetectável. Projetos como esse trazem à tona a importância do tema para o enfrentamento do HIV/AIDS no país”, comenta Gunnar Riediger, BioTech Business Unit Head da GSK.

No Brasil, mais de 900 mil pessoas vivem com HIV1. Dados publicados pelo Ministério da Saúde mostram que, em 2018, das pessoas que vivem com HIV no Brasil, 85% já fizeram teste; destas, 78% estão em tratamento e, desse percentual, 93% apresentam supressão viral1.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here