Série do Multishow ganha especial na TV Globo.

‘220 Volts Especial de Fim de Ano’ traz Paulo Gustavo com alguns de seus personagens consagrados, como Dona Hermínia, Senhora dos Absurdos e Maria Enfisema, no formato que fez sucesso por cinco temporadas no Multishow. Agora, o ator apresenta agora um texto inédito, em um programa que vai ao ar na TV Globo no dia 22 de dezembro, após o especial ‘Roberto Carlos – Emoções em Jerusalém’, e no Multishow, no dia 26. Aliás, a direção artística é de Susana Garcia, parceira de longa data de Paulo Gustavo.

O programa tem ainda no elenco Marcus Majella, e participações de Herson Capri, Deborah Secco, IZA, Angélica, Mallu Vale, Paulo Zulu e Pedro Novaes, em esquetes com a temática do fim de ano. Deborah Secco aparecerá como ela própria em uma das esquetes. “Fiquei muito feliz de participar do programa de fim de ano desse talento, desse gênio que é o Paulo Gustavo. Fazer parte desse momento é muito especial”, afirma a atriz.

Angélica também falou sobre sua participação, “Tenho um prazer enorme em estar com o Paulo, a gente se diverte, somos amigos. É bacana ele trazer um pouco de alegria neste ano tão diferente que estamos vivendo. Acho importante ter um programa assim, que levará sorrisos às pessoas que estão tão angustiadas com tudo o que está acontecendo”, comenta a apresentadora do ‘Simples Assim’.

“‘220 Volts Especial de Fim de Ano’ é um grande desafio, porque é um produto que já teve cinco temporadas, com grande sucesso, e está todo mundo com muita expectativa. O formato será o mesmo, mas vamos terminar com uma mensagem alegre, positiva. Trabalhamos muito para conseguir surpreender mesmo o público que já ama. Espero que as pessoas terminem gostando ainda mais do programa”, declara Susana.

“O ‘220 Volts’ ocupa um lugar muito especial na minha vida porque foi o meu primeiro projeto com o Multishow e me abriu muitas portas. Teve uma repercussão muito grande na internet e fez todo mundo me conhecer mais ainda. Eu já vinha do ‘Minha Mãe é Uma Peça’, então o ‘220 Volts’ foi uma virada, quando eu passei a fazer televisão. Foi nesse projeto que eu e o Fil (Braz), que também escreve ‘Minha Mãe é Uma Peça’ comigo, amadurecemos como autores e foi onde eu vi que ele é um grande escritor”, conta Paulo Gustavo.

Ele conclui, “O ‘220 Volts’ também me deu a oportunidade de conhecer cada vez mais os comediantes e de contracenar com várias pessoas. Para mim, que vinha de monólogo, foi maravilhoso. Eu fui muito feliz nesse programa e fico super orgulhoso de estar num especial de fim de ano da Globo fazendo um trabalho que eu amo tanto”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here