Foto: Allan Shigueaki Mogui

 O novo EP “Para Ouvir no Fone”, de Michel Teló, gravado durante a quarentena é um projeto especial desenvolvido pelo cantor, que reúne sete faixas, nas quais a música empresta melodia para a mensagem. As canções surgiram antes mesmo da pandemia e nasceram do desejo do cantor de falar um pouco das coisas simples da vida e da loucura insana que todos vivemos.

Com letras mais introspectivas, “Para Ouvir no Fone” foi feito para ouvir com a alma e para se reconectar. Apesar de ser diferente de tudo o que Michel já fez, o projeto tem muita influência do que o cantor ouve, como Almir Sater e John Mayer.  “Quero que as pessoas parem para ouvir mesmo e não que seja somente um fundo musical”, diz Michel.

“É um EP para acalentar o coração, quero que ele alcance muita gente e que todos possam pensar sobre o que vão fazer com o tempo delas quando tudo isso acabar”, completa contando o quanto vem refletindo sobre a vida atribulada que vive desde os 12 anos.

O EP chega acompanhado do primeiro clipe da canção “O Tempo Não Espera Ninguém”. Gravado em São Luiz do Paraitinga, o curta é uma vontade antiga de Michel. “Toda vez que sobrevoava as montanhas, indo ou voltando de uma turnê ou show, ficava olhando lá embaixo a paisagem e pensava que queria mesmo estar lá, vendo o pôr do sol, respirando aquele ar, vivendo um pouco daquela tranquilidade.”, conta Michel.

“A real é que ninguém sabe o que de verdade se passa na vida e no coração de cada um. Cada um mostra o que quer nas redes sociais. Não necessariamente a verdade. Esse álbum soa quase como um desabafo. Traz um pouco do Michel do interior, e do interior do Michel, sabe? Então, quem tiver a fim de sinceridade pode dar play, reflete comigo… se emociona, deixa a música tocar seu coração e compartilhe alegria com as pessoas que realmente importam para você. Não dá pra dizer que não mexeu com todos nós o que rolou no mundo esse ano né?!”, conclui ele.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here