Com sete meses de ocupação online, em meio a uma pandemia mundial que trouxe, entre muitos problemas, a necessidade de isolamento social, os artistas Mirella Brandi e Muep Etmo criaram o Festival Pink Umbrellas Art Residency, que aconteceu entre junho e dezembro de 2020. Nele, 70 artistas brasileiros e estrangeiros usaram as emoções, as vivências, e os sentimentos vindos com a pandemia como motor para a criação artística. Música, performance, artes visuais, poesia, dança, videoarte etc. foram usadas como suporte para a produção artística.

Agora, o Festival volta-se para os artistas residentes em São Paulo, ainda com a mistura entre as expressões artísticas. O Pink Umbrellas.SP acontece de 25 de fevereiro ao dia 5 de abril de 2021 na plataforma Twitch, em mini-temporadas de cada uma das duplas (e trio), semanalmente, de quinta-feira a domingo.

Uma das novidades no Festival Pink Umbrellas.SP é o Pink Fringe em que duplas (e um trio) de artistas se apresentam em um horário ‘maldito’, à meia-noite das sextas-feiras e sábados, também na Twitch. A ideia é a mesma: reunir artistas de diferentes áreas e trajetórias para criar trabalhos inéditos, que explorem diferentes formatos, no intuito de subverter o seu “lugar comum”.

A cada semana será apresentada uma obra produzida especialmente para o Festival, de artistas que trabalharão juntos pela primeira vez – trazendo suas próprias experiências para criar uma outra linguagem. A ideia é reunir artistas que nunca trabalharam juntos, para criarem e darem vida a um projeto inédito, em vídeo, exibido online e de forma gratuita.

Misturando audiovisual, música, artes cênicas e performances, entre outras tantas possibilidades de linguagem artísticas, tanto o Pink Umbrellas.SP quanto o Pink Fringe recebem a cada semana obras audiovisuais originais, de artistas que trabalharão juntos pela primeira vez, trazendo suas próprias experiências e expressões artísticas para criar uma outra linguagem, pensada exclusivamente para o espaço online.

Os projetos foram escolhidos pelos curadores pensando em juntar artistas de diferentes áreas e trajetórias, e, assim como aconteceu na edição do Festival Pink Umbrellas Art Residency 2020, lançando trabalhos inovadores e potentes.

Diferente do que aconteceu no Festival em 2020, os trabalhos serão apresentados no formato de mini temporadas, de quinta-feira a domingo, no Twitch do Festival.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here