Foto: Ricardo Keuchgerian

A evolução de antigos tabus da classe média brasileira entre as décadas dos anos 1927 e 1958, período marcado pela legalização do voto feminino e a ascensão da música ao vivo nos programas televisivos, é o pano de fundo do drama cômico “A3”. O seriado vai ao ar em rede nacional nas segundas-feiras, às 18h45, no canal de TV por assinatura Prime Box Brazil.

“A3” conta com sete episódios que são protagonizados pela matriarca de família paulistana interpretada pela atriz Karina Barum, que retorna à dramaturgia após uma década. Ao fim de um casamento conturbado, a manipuladora Adalgisa renega o progresso social para preservar suas crenças particulares. O folhetim também trata de homo afetividade, troca de bebês, serial killers e desquite (o divórcio só foi legalizado em 1977 no Brasil).

O elenco também inclui Murilo Meola (“Cúmplices de um Resgate”), Cristina Bonna (“Carrossel”), Kako Nollasco (“Marighella”), Michael Waisman (“3%”), Gabriela Garcia (“O Negócio”), Tales Jaloretto (“Hebe”), Carolina Marafiga (“Velhas Amigas”), Ceçary Goldschmidt (“Força de Elite”), Felipe Hofstatter (“Making Of”), Liah Khey, Artur Rangel, Tom Muszkat, Giovanna Siqueira, Dani Fernandes, Marili Maria, Danillo Anastácio, Cassia Dias, Adriana Duque, Anderson Jader, Daniel Bisogni, Elisa Telles, Francesco Minelli, Keila Taschini, Monize Lisboa, Pedro Colombelli, Thais Velasques e Wagner Galvão.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here