‘Uma nova história do Brasil’ trata da história dos planos, ideias, sistemas e projetos para o Brasil formulados pelas capas dominantes e dirigentes da administração portuguesa nas décadas que precedem a independência brasileira.

Numa escrita dinâmica e fluida, e ao mesmo tempo consistente, Malerba analisa, interpreta e confere sentido a eventos, estruturas e visões de mundo de toda uma época. Ao longo da obra, alguns personagens ganham protagonismo na composição do enredo, restituídos na complexidade de suas ideias e ações.

Com as ferramentas teóricas de que dispunham, ideólogos e reformadores como D. Rodrigo de Sousa Coutinho, José da Silva Lisboa (visconde de Cairu) e José Bonifácio de Andrada e Silva, todos os herdeiros intelectuais do Marques de Pombal e leais vassalos da Coroa Portuguesa, fizeram minuciosos diagnósticos dos problemas do Reino, e, a partir deles, elaboraram diversos planos para sua solução, sem poder antecipar que aquelas mesmas propostas viriam servir o novo país independente.

As discussões, disputas e propostas formuladas e travadas por esses ideólogos e tantos outros homens em torno do destino do país repercutiam as ideias da ciência moderna e do liberalismo econômico, com vistas a “organizar” a sociedade, sua população, seu ordenamento jurídico-político; a ocupação do território e formas mais racionais de exploração de riquezas naturais e da força de trabalho; a produção econômica e a educação formal e técnica de jovens e adultos, além de potenciais modos de inserção na geopolítica e na economia-mundo antes mesmo de o Brasil tornar-se Brasil.

Muitos desafios da agenda política-econômica-social que urgia nos últimos anos do Brasil na condição colonial e dos primeiros como país independente atravessaram dois séculos sem solução, e aquela agenda ainda reverbera ruidosamente nos dias atuais.

Com prefácio do jornalista e biógrafo Lira Neto , o livro busca contar a história do Brasil de uma forma nova e acessível e ao mesmo tempo com o rigor acadêmico que evoca o nome de seu autor, Jurandir Malerba.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here