Já faz tempo que Ana Cañas é encantada por Belchior. Aliás, nos últimos quatro anos, em seus shows, a cantora paulistana sempre encaixava uma das joias do cearense que nos deixou em 2017.

Instantaneamente, começou um movimento dos fãs da cantora pedindo um registro oficial para as novas versões. Ana Cañas já estava tão envolvida com o universo Belchior, que decidiu acatar a ideia do projeto e hoje chega às plataformas de música, através de seu selo, Guela Records em parceria com a Believe.

A música escolhida para abrir os trabalhos foi “Coração Selvagem”. “Ela é muito especial pra mim e tem uma das minhas letras favoritas, pois versa sobre a urgência das paixões, a importância da entrega nas relações e sobre a profundidade da alma”, explica. Todos esses valores estão diretamente ligados à carreira e personalidade da cantora. “Acredito e carrego tudo isso comigo”, afirma.

Ela mergulhou nos discos do ídolo, leu livros, assistiu dezenas de entrevistas e descobriu um artista ainda mais genial, intenso, atemporal, existencial e profundamente poético. “Cantar esse repertório é um grande desafio, pois as letras estão sempre tocando na metafísica das coisas, da vida e são extremamente atuais”, conclui.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here