Foto: Renato Mangolin

Ana Paula Novellino e Cristina Fagundes convidam artistas a não fazerem um espetáculo com elas em “Não-Espetáculo – O Teatro Possível” . A peça é uma reflexão sobre a atual dificuldade de se fazer teatro. Com isso, elas criaram uma performance que será executada sempre às quartas-feiras, a partir do dia 19, às 17h, na porta de teatros que seguem fechados em função da pandemia. Sem pauta, elas vão se sentar ao ar livre para nada fazerem, munidas apenas de duas cadeiras portáteis. A estreia será no Gláucio Gill, em Copacabana.

Na falta de figurino, iluminação ou qualquer cenário – exceto as cadeiras que levam com elas – as atrizes não vão atuar. Cristina e Ana, por uma hora, estarão disponíveis para conversar sobre como tem sido não fazer teatro neste período, a saudade do aplauso da plateia, e como a falta do teatro presencial tem afetado a vida de artistas e técnicos. “Trata-se de uma provocação artística em resposta à quase impossibilidade atual de se fazer teatro”, diz Cristina.

O “Não-Espetáculo – O Teatro Possível” é um caminho possível apontado pelas atrizes para os artistas não se frustrarem em meio a tantas dificuldades e incertezas como a pandemia, a falta de investimentos no setor e teatros sucateados, vendidos ou fechados.

Como não há texto, figurino, personagens, cenário, nada, não há como se frustrar. Não há como um não-espetáculo ser cancelado. Ele é à prova de crise e, por não existir, não pode acabar. “Não-Espetáculo” é de natureza utópica, livre, irreprimível, irrefreável e, justamente por não acontecer, converte-se em acontecimento artístico, provando ainda ser possível fazer arte, elas avaliam.

“É um grito de liberdade, uma provocação necessária em meio a uma sufocante impossibilidade artística”, ressalta Ana. Então, as atrizes convidaram a iluminadora Fernanda Mantovanni para não fazer sua iluminação, a figurinista Flavia Espírito Santo, para não fazer seus figurinos, e a cenógrafa Alice Cruz, para não fazer seu cenário, já que trata-se de um não-espetáculo.

Artistas e não-artistas que quiserem participar não estando em cartaz com elas, estão convidados. Basta agendar no Instagram @naoespetaculo a data desejada e chegar no horário com sua cadeira debaixo do braço e máscara. E nada fazer. Atenção: Devido ao contexto da pandemia, serão no máximo 2 artistas convidados por noite para a performance. A não-temporada vai de 19 de maio até o teatro voltar a existir por completo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here