Home Literatura Lançamentos Festival Novas Frequências ganha livro em seus 10 anos

Festival Novas Frequências ganha livro em seus 10 anos

0
48

Em dezembro de 2020, o festival internacional de música exploratória e arte sonora Novas Frequências completou 10 anos ininterruptos de atividades. Nessa primeira década, ocupou mais de 40 espaços com apresentações de 250 artistas de 30 países, colecionou prêmios e se firmou como o festival mais importante da América do Sul no gênero.

Com curadoria e direção de Chico Dub, o festival criado por ele e Tathiana Lopes celebra a data histórica com o lançamento do livro “Estudando o som: 10 anos do Festival Novas Frequências”, pela Numa Editora. A obra é uma antologia sobre música experimental e arte sonora com 20 textos inéditos e comissionados, escritos por músicos, acadêmicos, curadores, artistas, sociólogos, jornalistas, críticos e pesquisadores.

Com organização de Chico Dub, o livro tem lançamento marcado para 17 de junho e tem patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e da empresa Oi, através da correalização do Centro Cultural Oi Futuro.

“A ideia por trás do livro não é uma publicação sobre o festival, não é catalogar todos os artistas participantes, esmiuçar curadorias específicas ou fazer qualquer tipo de análise cronológica, mas sim, publicar textos e ensaios inéditos, comissionados, que dialogam com a trajetória do festival”, adianta Chico Dub na introdução da obra. “Este não é um livro definitivo, não é uma tentativa de estabelecer um cânone. O objetivo é que ele seja entendido como uma série de pontos de partida e não como uma declaração final. Que enriqueça a produção teórica sobre música expandida no Brasil ao mesmo tempo em que funcione como porta de entrada para não especialistas. Que atue como um objeto de pesquisa, reflexão crítica e legado de uma geração”, completa.

No dia do lançamento e na semana seguinte, 17 e 24 de junho, serão realizados dois encontros no canal da Numa Editora no Youtube. O primeiro será acompanhado da exibição de um filme de 30min com imagens de arquivo das dez edições do Novas Frequências e terá a participação da editora Adriana Maciel, do curador Chico Dub, dos designers Chris Calvet e Tereza Bettinardi e de Cauê Ueda, consultor do filme. No dia 24, Chico Dub se reúne com o jornalista Carlos Albuquerque, os artistas Bartira e Marco Scarassatti, a socióloga Pérola Mathias e o jornalista e crítico Ruy Gardnier, com mediação do jornalista Guilherme Werneck.

“Estudando o som: 10 anos do Festival Novas Frequências” é uma antologia sobre música experimental e arte sonora que toma o festival carioca, considerado o principal evento sul-americano em seu nicho, como ponto de partida para difundir ensinamentos, reflexões e alargamentos.

O livro integra a coleção Arte & Tecnologia da Oi Futuro e traz análises das cenas do Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo; estudos de caso sobre gêneros musicais e procedimentos sonoros; considerações sobre a situação do espectador diante da música experimental; panoramas sobre a arte sonora no Brasil e tendências contemporâneas; reflexões sobre aspectos políticos e relações de poder envolvendo o som; observações sobre a voz para além da semântica; exames de obras e trajetórias artísticas específicas; um prisma do desenvolvimento de redes comunitárias em meio à quarentena; diferentes tópicos que se debruçam sobre a cidade: re-territorialização de espaços, viabilização de sentidos políticos a experiências urbanas e a cidade como palco; ensaios e leituras críticas sobre o silêncio (e em oposição o ruído) na música, na arte contemporânea e nas questões identitárias.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here