Ícone da cultura brasileira, com trajetória marcante tanto no cinema como no teatro e na televisão, a atriz Ítala Nandi estrela em junho o solo performático “Paixão Viva”, com o qual dá início às comemorações dos seus 60 anos. A apresentação acontece pelo projeto #EmCasaComSesc.

Escrito por Ítala e o cineasta Evaldo Mocarzel, que também a dirige, o monólogo faz parte do projeto #EmCasaComSesc e será transmitido no dia 27, às 19h. O projeto lança luz na brilhante trajetória da atriz e escritora.

Concebida para uma potente apresentação, “Paixão Viva” também pode ser chamada de documentário cênico nesses tempos de comunicação remota. A atriz revisita personagens, criando diálogos imaginários com pessoas que influenciaram profundamente a sua vida e arte, sem fronteiras definidas. Nesta narrativa, Ítala transita entre passado, presente e futuro. Em seu corpo cenas são projetadas e também, em primeiro plano, um diálogo com a câmera e o espectador.

Uma das cofundadoras do Teatro Oficina – ao lado de Zé Celso Martinez Corrêa e Renato Borghi -, Ítala Nandi foi musa do cinema nacional por duas décadas, protagonista do primeiro nu de uma mulher no teatro brasileiro e intérprete de memoráveis personagens no palco e na TV. “Sou uma mulher livre. Vivo de arte desde que me entendo por gente. Sejamos realistas, queiramos o impossível. Esse é meu lema. Nunca tive preconceitos, sou fiel a mim e tenho o coração voltado para o amor”, diz ela.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here