BioParque do Rio para comemorar os 112 anos seu de nascimento.

Burle Marx
Fotos: Ana Bárbara Guaranha

De 30 de julho a 8 de agosto, visitantes poderão ver uma exposição inédita com peças exclusivas do acervo familiar, além de terem a oportunidade de reproduzir a icônica foto entre folhas da planta orelha de elefante. A mostra marca as comemorações dos 112 anos do paisagista Burle Marx em 4 de agosto.

 Burle Marx projetou o Brasil para o mundo e suas contribuições para a preservação do meio ambiente inspiram, até hoje, ambientalistas ao redor do planeta! Roberto Burle Marx ganha uma homenagem do BioParque do Rio para comemorar os 112 anos seu de nascimento, em 4 de agosto.

O Parque da Quinta da Boa Vista realiza a “Semana Burle Marx – Além dos Jardins”, na qual os visitantes poderão ver uma exposição inédita com mais de 20 peças exclusivas do acervo familiar do paisagista, que também era pintor, escultor e desenhista. São fotografias de expedições, matérias jornalísticas de época, pinturas e croquis de projetos que ficarão expostas no Boulevard Histórico. Além disso, o público poderá conhecer uma instalação para reproduzir a icônica foto de Burle Marx — feita por Luiz Knud Correia de Araújo — em que o paisagista está entre folhas de orelha de elefante.

Aliás, a homenagem à Burle Marx não é por acaso. As formas sinuosas podem ser apreciadas pelo público que visita o BioParque do Rio e que são uma obra de arte a céu aberto. O novo projeto do zoológico revitalizou um espaço de 2,2 mil metros quadrados que possui a marca registrada do artista e que foi desenvolvido no fim da década de 40. No local encontram-se espécies características de seus jardins como as helicônias, vitórias-régias, diversas palmeiras e forrageiras, além de outras dos biomas da Mata Atlântica e da Amazônia e virou o lar dos flamingos.

“Nada mais justo que realizar uma homenagem a Burle Marx, que foi um dos primeiros brasileiros a lutar pela conservação das florestas. O ideal do paisagista tem a ver com o propósito do BioParque do Rio, que é sensibilizar as pessoas sobre a importância da conservação e mostrar, na prática, o que pode ser feito para reverter a perda da biodiversidade”, explica Manoel Browne, diretor de operações do BioParque do Rio e sobrinho-neto de Burle Marx.

No dia 4 de agosto, data de nascimento de Burle Marx, o BioParque do Rio promove uma live com participações especiais. O diretor do BioParque do Rio, Manoel Browne, comanda o encontro virtual com a presença de renomados arquitetos e paisagistas.

A live acontece no Youtube do BioParque do Rio, a partir das 19h, e traçará um paralelo entre as contribuições artísticas de Burle Marx e a importância que isso agregou à conservação das espécies da flora brasileira, além da preocupação do urbanista com o meio ambiente.

Informações e compra de ingressos: www.bioparquedorio.com.br.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here